Nesta quinta-feira (20), um dos filhos da deputada federal Flordelis (PSD), prestou depoimento à Polícia civil e revelou que acredita no envolvimento da mãe e de mais três irmãs no assassinado do pastor Anderson do Carmo. Anderson foi assassinado no último domingo (16), ao retornar de um jantar de confraternização com a deputada. Em depoimento, o jovem que não teve a identidade divulgada, também revelou que Flordelis e estas três irmãs colocavam remédio na comida do pai e que uma das irmãs teria oferecido a quantia de R$ 10 mil para que Lucas, um de seus irmãos, assassinasse o pastor. Procurada pelo site G1, a assessoria de Flordelis afirmou que não iria se pronunciar sobre o assunto.

Pastor estaria recebendo ameaças

Segundo o site G1, ainda em depoimento, o jovem revelou à polícia que a saúde do pai seria debilitada devido aos remédios postos em suas refeições pela mãe e três de suas irmãs. O filho da deputada contou, ainda, que no mês de fevereiro deste ano, Anderson do Carmo havia lhe mostrado ameaças de morte que estaria recebendo pelo celular. Lucas dos Santos, que teria recebido a proposta de uma das irmãs para tirar a vida do pai, não estaria no local no dia do crime, mas teria auxiliado a comprar a arma utilizada no assassinato.

O filho da pastora ainda revelou que não teria ouvido barulho, confusão ou ruídos de moto em fuga no dia do assassinato, e que afirmou ter visto Flávio dos Santos, que confessou ter efetuado seis disparos, ao lado do corpo do pai que estaria coberto de sangue. Segundo ele, Flávio teria recolhido uma mochila de couro e o celular de Anderson, que teria sido entregue à Flordelis. A polícia ainda não teria localizado o celular de Anderson do Carmo, Flordelis e de Flavio dos Santos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Polícia

De acordo com o jovem, a mãe teria afirmado que "a hora do pai estava chegando", e classificou o comportamento desesperado da família no sepultamento como um "teatro".

Prisão temporária dos irmãos

Ainda de acordo com o site G1, a justiça decretou nesta quinta-feira (20), a prisão temporária de Lucas e Flávio dos Santos. O pedido foi ao judiciário após a realização de uma acareação entre os dois irmãos.

Segundo o site UOL, Flávio, de 38 anos, estava preso desde o início da semana devido a um mandado de prisão em aberto sob a acusação de violência doméstica. Lucas dos Santos é filho adotivo da deputada e do pastor, já Flávio é filho biológico de Flordelis, porém, ambos foram registrados em cartório como filhos de Anderson do Carmo. Apesar de Flávio ter confessado em depoimento nesta quinta (20), que teria disparado apenas seis vezes contra o pastor, o laudo do IML aponta a existência de trinta perfurações no corpo da vítima.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo