A novela "Avenida Brasil", que fez muito sucesso no ano de 2012, voltou durante esta semana a ser exibida nas tardes globais, no "Vale a Pena Ver de Novo". Com o retorno da novela, muitos se questionam como estariam alguns artistas que sumiram da telinha após a novela. E esse é o caso de atriz Ana Karolina Lannes, que fez muito sucesso interpretando a menina Ágata, filha de Carminha (Adriana Esteves).

Ágata era muito humilhada pela mãe na novela, principalmente por ser gordinha, e isso revoltava o público.

Hoje em dia a menina cresceu e virou uma mulher. Com 19 anos, a atriz assumiu a homossexualidade e, ao participar na quarta-feira (11) do programa "Se Joga", falou abertamente sobre o assunto e como foi assumir a opção sexual perante os pais e o público.

Segundo Ana Karolina, ela ficou temerosa da notícia sobre sua sexualidade repercutir negativamente na mídia, devido ao fato de ter sido criada por um tio, que é homossexual, e o marido dele. A menina perdeu a mãe ainda na infância e a partir daí foi criada pelo tio e seu companheiro, aos quais se refere como pais.

Ana Karolina relatou que quando assumiu a homossexualidade para os pais "foi tranquilo". "Eu sabia que seria um ambiente de amor", disse. "Eles tiveram a preocupação, claro, de que eu sofresse com coisas que provavelmente eles já sofreram, mas o meu maior medo foi quando a minha homossexualidade saiu na mídia, porque o meu maior medo era que os meus pais sofressem críticas por causa disso", completou.

De acordo com a atriz, o seu maior medo era que seus pais fossem criticados pelo fato deles também serem homossexuais. Ela disse que seu medo era que falassem que ela era homossexual pelo fato dos pais serem gays.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos

Karol é elogiada por Fernanda Gentil

Karolina fez questão de dizer que o fato dela ter sido criada por homossexuais não teve nada a ver com a sua opção sexual. Ela disse que se fosse assim, casais héteros não teriam filhos homossexuais. Segundo ela, esse sempre foi o seu maior medo.

Ela relatou que quando conseguiu superar isso, conseguiu mostrar que a única interferência que sofreu dos pais homossexuais, em relação a sua homossexualidade, foi enxergar o quanto é aceita por eles. A desenvoltura da atriz para falar sobre o tema foi muito elogiada por Fernanda Gentil, uma das apresentadoras do programa.

Fernanda elogiou o fato da atriz ter tão pouca idade e já se mostrar muito bem resolvida com a sua sexualidade.

A apresentadora disse que espera que chegue um dia em que as pessoas falem sobre esse assunto assim como a Karolina falou. Que falem sobre o assunto como algo natural e com desenvoltura.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo