Maria Cristina Almeida, a mãe de Hariany Almeida, afirmou em entrevista ao portal UOL que temeu que Phellipe Haagensen pudesse fazer mais alguma coisa que prejudicasse sua filha. "Tive medo de que ele pudesse fazer ainda algo mais para prejudicar a integridade física e emocional", disse. Ela afirmou que ficou muito angustiada em ver sua filha sendo assediada e ficou aguardando para que tudo se resolvesse e que sua filha ficasse bem.

A mãe de Hariany disse que sua filha não reagiu de imediato ao suposto assédio, porque ela teria uma cabeça muito boa a ponto de não fazer algo que a prejudicasse no reality.

Maria Cristina afirmou em entrevista que acredita que sua filha esteja aliviada com a resolução do problema e a decisão da Record TV em expulsar Phellipe.

Após a repercussão do caso, Phellipe chegou a pedir desculpas pelo ocorrido e justificou que estava carente, por isso teria beijado Hariany.

Entretanto, a mãe da peoa duvidou do pedido de perdão do ator, pois, segundo ela, não seria uma justificativa plausível. "Não foi uma justificativa plausível no meu ponto de vista", disse.

Segundo Maria Cristina, Phellipe não fez nenhum contato com ela após o episódio. Ela elogiou a decisão da Record TV em expulsar o ator, pois, segundo ela, foi uma decisão que fez bem tanto para sua filha quanto para o próprio Phellipe.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos A Fazenda

Ela disse que acredita que a família do ator esteja triste com o que aconteceu e que após a saída de sua filha do reality é que saberá se ela desejará formalizar a denúncia de assédio do ator.

Ainda na entrevista, a mãe de Hariany aproveitou para alertar mulheres que sofrem com práticas de assédio a denunciarem e não ficarem caladas.

Mion anuncia expulsão de Phellipe

Após a repercussão negativa do ocorrido, e a avaliação da produção do reality "A Fazenda 11", foi anunciada a expulsão de Phellipe.

Mion deixou bem claro que o motivo se deu devido ao desrespeito às regras do reality. "Beijo roubado ou forçado, mão boba, são considerados crimes pela dignidade sexual. Pelo regulamento do programa, é proibida qualquer ação que coloque em risco a integridade física do participante", informou Mion no domingo (29).

Nas redes sociais, muitos internautas comemoraram a decisão do reality. No dia do ocorrido, muitos telespectadores foram às redes sociais para manifestar repúdio ao suposto assédio praticado pelo ator.

Após a saída de Phellipe, quem ocupou a sua vaga foi o vencedor da primeira edição do “Power Couple”, Jorge de Sousa, que inclusive já recebeu o apoio da esposa nas redes sociais.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo