A Record TV emitiu uma nota oficial na manhã desta quarta-feira (6) após a participante do reality "A Fazenda 11" Sabrina Paiva ter relatado um suposto caso de racismo por um funcionário da emissora. Na noite desta terça-feira (5), Sabrina relatou em conversa com Hariany que tinha escutado alguém falar para ela: "senta aí, macaco". "A hora que eu fui tomar água, estava todo mundo sentado. Daí só ouvi uma voz assim: 'senta aí, macaca'", contou Sabrina.

Hariany concordou com Sabrina e disse que também achava que a declaração racista teria sido para Sabrina, pois só ela estava de pé no momento. Em seguida, Andréa também participou da conversa e questionou a respeito da suposta cena de racismo em "A Fazenda 11". Andréa ficou indignada ao ouvir o relato de Sabrina. O namorado de Sabrina, Rodrigo Phanavello, também não gostou nem um pouco da situação e comentou com os peões a respeito do ocorrido.

Rodrigo afirmou que preferia acreditar que tudo aquilo não tinha passado de um mal-entendido e denunciou para os peões que o que foi dito por um dos funcionários da Record TV a respeito de Sabrina teria sido muito grave.

A cena não foi mostrada na exibição ao vivo, mas os assinantes do PlayPlus relataram ter visto o momento descrito por Sabrina Paiva.

Nas redes sociais, os internautas também se revoltaram com a suposta cena de racismo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
A Fazenda

Muitos pediram a demissão do funcionário e algum posicionamento da Record TV.

Após 11 horas o ocorrido, a Record TV emitiu uma nota na qual afirmava que o operador de câmera que estava atrás de um dos espelhos da sala havia feito realmente um comentário de cunho racista contra Sabrina Paiva e que o suspeito havia sido identificado e desligado da emissora.

Além da demissão do funcionário, a Record TV destacou que repudiou a atitude do funcionário e ainda disse que informaria A Sabrina que ela teria todo direito de processar o agressor, caso ela desejasse.

A produtora Teleimage, que presta serviços à emissora, também lamentou o ocorrido e afirmou que tal prática não era admitida em suas produções.

Perfil oficial de Sabrina se manifesta

Logo após Sabrina relatar ter sofrido racismo, o perfil oficial dela se manifestou nas redes sociais.

Demonstrando bastante indignação, o perfil postou que era muito fácil falar algo ofensivo por trás dos espelhos do reality e chamou o suspeito de covarde.

Na conta oficial do Instagram de Sabrina Paiva, os fãs foram notificados que o agora ex-funcionário da Record TV seria processado judicialmente por ter chamado Sabrina de "macaco".

Segundo o perfil de Sabrina, a nota seria encaminhada para a Record TV e também para o Ministério Público. O suspeito pode ser processado por injúria racial.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo