A residência da rainha Elizabeth II, o Palácio de Buckingham, divulgou comunicado oficial na quarta-feira (8) no qual afirma que as discussões com o príncipe Harry e sua esposa, Meghan Markle, sobre os planos do casal de abrir mão de suas obrigações reais ainda estão em estágio inicial.

O comunicado diz entender a vontade do casal de “adotar uma abordagem diferente”, porém, segundo o Palácio de Buckingham, estas são questões que não são simples, e que levarão tempo para serem resolvidas. "As discussões com o duque e a duquesa de Sussex estão em um estágio inicial", dizia a nota.

Transição

Assim foi chamado o processo em que o duque e a duquesa de Sussex anunciaram na última quarta-feira (8). O casal tem intenção de abrir mão de todas as mordomias das quais têm direito como membros da família real britânica. Eles querem se tornar “financeiramente independentes”.

Em publicação oficial, o casal afirmou que, após meses de reflexão, optaram por fazer a transição em 2020. Eles dizem que optaram por "se afastar do papel de membros seniores da família real" britânica e querem trabalhar para se tornarem independentes financeiramente, mas continuariam a dar apoio total à rainha.

Eles ainda disseram que o afastamento do núcleo central da família real, que é composto pela rainha Elizabeth II, os príncipes Charles, William e George, foi encorajado pela própria monarca. Harry e Meghan têm planos de passar mais tempo na América do Norte, porém, não confirmaram se irão mudar-se de vez para o Canadá ou Estados Unidos, a terra natal da atriz Megan Markle, apesar de alguns tabloides dizerem que o casal irá se mudar para o Canadá com o filho Archie, mas esta informação não foi confirmada.

Grande dor

O comunicado feito na tarde da quarta-feira (8) não pegou de surpresa apenas o mundo inteiro, mas a própria rainha Elizabeth II ficou admirada com a decisão do casal, assim como o pai de Harry, o príncipe Charles, e também o irmão de Harry, o príncipe William. Segundo a revista People, a decisão causou uma grande dor para a família real.

Outros fatores colaboraram para a decepção da realeza britânica com a decisão tomada pelos pais de Archie, como por exemplo, o fato de o comunicado de Megan e Harry ter sido enviado pelo e-mail do Palácio de Buckingham, mesmo tendo sido uma mensagem de caráter pessoal.

Além disso, os membros da monarquia entenderam que esta decisão já havia sido tomada há muito tempo, que era um plano com bastante antecedência, uma prova disso é que o casal já havia deixado o site preparado com muitas respostas às possíveis perguntas sobre esta situação. No Instagram do casal eles afirmaram ainda que pretendem se focar no lançamento de sua nova entidade filantrópica.

Não perca a nossa página no Facebook!