A ex companheira do apresentador Gugu Liberato, Rose Miriam di Matteo, disse à colunista do jornal "Folha de São Paulo", Mônica Bergamo, que aceita receber uma pensão menor, em comparação à mãe do comunicador Dona Céu. A viúva tem um processo na justiça para que seja reconhecida como companheira de Gugu e está envolvida em uma batalha judicial contra os irmãos dele.

Decisão favorável a Rose Miriam

Em uma decisão judicial proferida no dia 24 de janeiro de 2019, um juiz (José Walter Chacon) da 9ª Vara da Família e das Sucessões do Foro Central da Capital do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, concedeu direto à médica e companheira do comunicador, o direto a uma pensão mensal no valor de R$ 100 mil e, na decisão, o próprio juiz disse que chegou ao valor, comparando com a pensão que estava inserida no testamento onde Augusto Liberato deixou uma pensão mensal para a sua mãe no também valor de R$ 100 mil.

Dona Céu recebe mais que R$ 100 mil

Ao se julgar o valor da pensão de Rose, todos pensam ser uma quantia bastante considerável já que essa faixa de renda é bem distante da realidade da maioria dos brasileiros, porém, ao dar a decisão sobre o direito da viúva em receber esse valor, o juiz (José Walter Chacon) da 9ª Vara da Família e das Sucessões do Foro Central da Capital do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo não levou em consideração que o testamento foi redigido no ano de 2001 e que, o valor de R$ 100 mil era referente àquele ano e não ao de 2019, ou seja, teriam que acrescentar as correções inflacionárias desde 2001 até os dias atuais. Ainda segundo a coluna de Mônica Bergamo, Dona Céu recebe mensalmente o valor de R$ 163 mil.

Rose Miriam queria igualar pensão

Ainda na entrevista ao jornal "Folha de São Paulo", o advogado (Nelson Willians) da viúva de Gugu relatou que ela até pensou em pedir uma equiparação de sua pensão em relação a Dona Céu para receber um valor mensal de R$ 163 mil porém, segundo a defesa de Rose, ela preferiu não entrar com tal pedido e acatou a decisão judicial.

Gugu morre em acidente em casa

O apresentador Gugu Liberato da Rede Record de Televisão morreu em novembro de 2019 quando consertava um aparelho de ar condicionado no sótão de sua casa na cidade de Orlando, no Estado Unidos. Com 60 anos de idade ele deixou a mulher e médica (Rose Miriam di Matteo) e os três filhos que teve com ela. Uma atitude solidária do comunicador, foi o seu desejo de doar os seus órgãos, o que foi feito depois de uma cirurgia que durou 6 horas e que beneficiaram um total de cinquenta pessoas.

O velório durou por volta de 20 horas e foi realizado na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo e o seu enterro foi também na cidade de São Paulo no Cemitério Gethsêmani do Morumbi.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!