Dona Céu concedeu uma entrevista cheia de revelações, com assuntos delicados envolvendo a memória de seu filho, Gugu Liberato. Na conversa com a revista VEJA, vários assuntos são abordados, como a morte precoce do comunicador, e, principalmente, a batalha judicial que está se desenrolando entre os irmãos de Gugu e a viúva Rose Miriam DI Matteo (mãe dos filhos do apresentador).

A morte de Gugu Liberato

Sobre a hora que ficou sabendo sobre seu filho, Dona Céu disse que estava na cozinha de sua casa, quando sua filha Aparecida chegou e me falou que eu me dirigisse até a sala e achei aquilo muito estranho, conta.

Aí Aparecida me contou que "Toninho" tinha tido um acidente (Dona Céu dá uma pausa e chora durante a entrevista). "Eu choro muito, sempre escondido dos outros filhos. Tenho muitas saudades", diz.

Após ficar sabendo, ela disse que, com a roupa que estava no corpo ela se dirigiu para o aeroporto, e embarcou. No hospital que chegou a confirmação de que Gugu Liberato tinha morrido, e ela confessou que não agrada essas lembranças. Ela acrescentou que nessa hora teve um pressentimento ruim.

Pressentimento de Dona Céu

A mãe do apresentador explicou que passava boa parte dos dias da semana com ele e a outra em sua casa. Porém, como estava enferma (estava gripada), ela decidiu passar todos os dias da semana na casa dele.

Dona Céu relata que um dia antes dele viajar ele foi ao seu quarto, e ficaram dialogando por horas, e ele confirmou que iria viajar no outro dia, às 6h da manhã e, sabendo disso, ela fez um pedido para que o comunicador viesse antes em sua casa se despedir dela. Ele o fez e, na saída, ela recebeu um beijo no filho e, quando ele já estava na porta para ir embora, ela pediu que ele voltasse novamente e foi o que aconteceu, ele voltou e deu um abraço apertado.

Dona Céu disse que o filho parecia não estar apressado, e que só foi para sua casa devido à gripe, ou seja, fez uma coisa que não estava acostumado a fazer.

A mãe pediu que ele entrasse em contato quando chegasse e chegada a hora do desembarque ele não o fez. Na mesma hora ligou para sua filha afirmando que Toninho não tinha entrado em contato e pensou que o avião tinha caído (ela chora ao contar).

Isso parecia um presságio de que algo ruim estava para acontecer.

A vida após a morte de Gugu

Ela relata que foi ao velório de cadeira de rodas e que se assustou com tamanha comoção pela morte de seu filho, até João Dória ajoelhou aos seus pés. Hoje, voltando à rotina ela afirma que chora muito e escondido dos outros filhos. Dona Céu disse orar todos os dias apesar de, no começo, ficar revoltada com Deus.

Disputa judicial

Na entrevista, a mãe de Gugu Liberato afirmou que tem falado por chamada de vídeos com os netos e contou que o filho João passou o natal com ela. Sobre Rose Miriam, ela disse que nunca irá perdoá-la, pois a ex-Mulher de Gugu disse a ela que iria fazer um retiro religioso e largou os filhos sozinhos nos EUA para vir ao Brasil entrar na Justiça.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!