O ex-participante do "BBB20" Daniel Lenhardt deu uma entrevista ao colunista Leo Dias, do UOL, e informou que o não favoritismo de Marcela pode ter relação com ele. "Como as pessoas não gostaram muito do meu jeito, acredito que elas acabaram não gostando da Marcela também, infelizmente", disse.

Ele também comentou sobre a sua saída do reality show, informando que não esperava um número tão expressivo nos votos. Daniel acabou sendo eliminado após receber pouco mais de 80% dos votos válidos. Apesar de não estar mais no programa, o ex-participante disse que assiste o programa e que torce para Marcela sair como vencedora do "BBB20".

Polêmica envolvendo outro ex-participante

O ex-brother, Pyong Lee, se pronunciou através de suas redes sociais que recebeu algumas ameaças de um internauta que se dizia ser fã de Felipe Prior. O hipnólogo acabou expondo o caso nas redes sociais, onde muitas pessoas comentaram a respeito.

De acordo com informações sobre o respectivo caso, dias antes da ameaça, Pyong ''zoou'' Felipe Prior em suas redes sociais, informando que ele não seria um bom participante para vencer o reality show. Após essa brincadeira, muitos internautas não gostaram da posição de Pyong, onde, possivelmente, algum internauta entendeu como algo deplorável e acabou realizando as ameaças.

Como o hipnólogo fez a exposição do caso publicamente, possivelmente algumas medidas podem ser tomadas por parte do empresário.

Outras polêmicas envolvendo Pyong

Ainda dentro da casa do "BBB20", Pyong Lee foi indiciado pela Polícia Civil após tentar abusar de algumas participantes. O programa registrou o momento em que o hipnólogo passou a mão nas partes íntimas de uma das sisters, o que causou bastante revolta nas pessoas que acompanhavam o reality show. Na época do fato, nenhuma punição por parte do programa foi aplicada a ele.

Após ser eliminado do reality, o ilusionista contou em suas redes sociais que havia recebido uma intimação informando que ele deveria comparecer à Delegacia de Polícia para dar explicações sobre o caso de abuso. Pelo fato do país se encontrar em quarentena devido à proliferação do coronavírus, o dia para apresentação de Pyong na delegacia foi suspensa por tempo indeterminado.

Perdão

Pelo Twitter, Pyong Lee se retratou com o público dizendo que ele não tinha intenção alguma de se aproveitar das sisters. Na época, a esposa do ilusionista, Sammy Lee, informou que não iria se posicionar sobre o assunto envolvendo o companheiro até que ele saísse do reality show. Até o momento, ela não voltou a falar sobre o assunto.

Mesmo confessando o crime e pedindo perdão publicamente, muitos internautas continuam a falar sobre o assunto nas redes sociais sempre que uma notícia vincula o nome dele.

Não perca a nossa página no Facebook!