O ex-participante do 'BBB20' Pyong Lee informou nas redes sociais que havia sido ameaçado de morte. De acordo com algumas informações, o suspeito que ameaçou o hipnólogo seria um fã de Felipe Prior. Sobre o respectivo caso, Pyong se posicionou em suas redes sociais e disse: “Triste, né? Por causa de um cara. Por causa de um jogo. Muita gente doente nesse país. Tá louco”

O artista informou que não se preocupa com o caso, já que tudo que faz é para entreter o público e leva tudo na brincadeira. Nos comentários da publicação em que o hipnólogo explicou a situação de ameaça, muitos internautas aproveitaram o momento para ''cutucar'' o ex-participante.

“Sério, eu levo na brincadeira já que os fãs adotaram essa coisa de soberbo e arrogante. Achei engraçado. Rolando de rir no chão!'', comentou sobre as pessoas que o criticam nas redes sociais.

Provavelmente a Polícia Civil irá investigar o caso de ameaça envolvendo Pyong Lee, já que foi um caso exposto na mídia. Até o fechamento dessa matéria, não tiveram informações pessoas sobre o suspeito que usou as redes sociais para mandar mensagens de ameaças ao ex-participante do 'BBB20'

Apesar de não estar mais no programa, o hipnólogo conta que não perde um programa e diz que aproveita esse momento de quarentena para estar junto da família.

Polêmicas envolvendo Pyong Lee

Durante a sua trajetória no 'BBB20', o hipnólogo esteve em diversas polêmicas. Discutiu com muitas pessoas na casa, fez inimigos e também praticou um crime.

O reality show fez diversas festas para que os participantes participassem. Nas últimas festas, Pyong bebeu altas doses de bebidas alcoólicas, onde ele acabou chegando para flertar com algumas sisters.

Mesmo sendo casado e com filho recém-nascido, o hipnólogo tentou passar a mão na parte íntima de uma das participantes. Isso fez com que as pessoas que acompanham o programa se mobilizassem nas redes sociais.

Alguns internautas chegaram a criar ''hashtags'' com objetivo que o participante fosse eliminado. Os dirigentes do 'BBB20' chegaram a rever as cenas deploráveis envolvendo Pyonh Lee, mas nenhuma medida de punição havia sido aplicada.

Após ser eliminado por maioria dos votos, o hipnólogo acabou sendo surpreendido com uma intimação da Polícia Civil. No dia, Pyong chegou a registrar diversos Stories em seu Instagram e disse que iria se responsabilizar por todas as condutas erradas que tomou enquanto estava na casa.

Pelo Twitter, o hipnólogo também se retratou com as pessoas que o acompanham. Ele confirmou que errou, mas disse que irá fazer de tudo para que ações como aquela não voltassem a se repetir. No momento, Pyong Lee não foi ouvido pela autoridades, já que o estado se encontra em quarentena devido à proliferação da covid-19.

Não perca a nossa página no Facebook!