O famoso ator Johnny Depp está envolvido em um complicado processo judicial contra sua ex-esposa, a atriz Amber Heard. Ele está processando a ex-esposa por difamação, e surgem agora vozes que saem em defesa do eterno capitão Jack Sparrow da franquia de sucesso da Disney "Piratas do Caribe". Uma destas vozes é a atriz Winona Ryder. A atriz e Johnny Depp se conheceram na estreia do longa-metragem “Great Balls of Fire!” (1989), eles então formaram um casal e ficaram juntos por três anos.

Winona Ryder foi uma das atrizes que mais estiveram em evidência no final da década de 1980 e na década seguinte.

Depois de um longo período de ostracismo, ela agora volta a estar em evidência por causa de sua participação na série "Stranger Things". Agora a atriz ofereceu-se para assinar uma declaração legal em defesa de Johnny Depp no processo que ele move contra Amber Heard.

É verdade este bilhete

De acordo com o Consequence of Sound, nas provas obtidas pelo The Blast, a atriz escreveu que não está chamando ninguém de mentiroso, porém em sua experiência com o ator, ela acredita ser impossível que sejam verdadeiras as alegações contra Depp.

O relacionamento amoroso entre Winona e Depp começou em 1989, na ocasião ele tinha 26 anos e ela tinha apenas 17 anos. Eles ficaram juntos por três anos. Após o fim da relação, eles continuam amigos até hoje.

Na declaração escrita pela atriz, ela afirma que ideia do astro ser uma pessoa violenta não combina com o Johnny Depp que ela conhece.

Os advogados do ator podem usar esta declaração nos processos para demonstrar que as acusações feitas por Amber Heard, que o acusa de tê-la agredido, não combinam com o comportamento de Depp. No inicio deste mês de março o ator foi condenado a entregar as gravações de áudio de Amber e dar informações sobre os registros médicos antes da realização do julgamento por difamação.

Penélope Cruz

A outra voz feminina que decidiu apoiar o famoso ator foi a atriz espanhola Penélope Cruz que também apresentou uma declaração apoiando Depp no processo que ele move contra a ex-esposa. O processo foi aberto depois que a intérprete de Mera do filme da Warner/DC “Aquaman” escreveu um artigo no Washington Post, no final de 2018, em que ela dizia ter sido vítima de abuso doméstico, mesmo sem citar o nome de Johnny Depp, as pessoas começaram a acusá-lo de ter agredido a ex-esposa.

Cruz, de 45 anos, afirmou que nunca viu algum tipo de comportamento violento por parte de Depp --ela o conhece desde que tinha 19 anos. A atriz afirmou ainda que a relação dos dois vai além dos três filmes que já estiveram juntos. Ela enxerga nele um grande amigo, declarou a atriz.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Siga a página Opinião
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!