Morreu na última quarta-feira (15), em sua casa em New Haven, Estados Unidos, o ator Brian Dennehy, o artista tinha 81 anos e morreu de causas naturais. A notícia foi confirmada ao site Deadline pelos agentes do ator, na ICM Partners.

A filha de Dennehy, Elizabeth fez uma publicação no Twitter informando que a morte de seu pai não foi causada pelo novo coronavírus. Na homenagem ao pai, Elizabeth disse que Brian Dennehy era um pai e avô orgulhoso e devotado, e que deixará saudades entre sua família e amigos.

Carreira

Apesar de não ter feito muitos protagonistas, Brian Dennehy não deixava de cativar o público com sua presença marcante em papéis secundários, muitas vezes interpretando o vilão.

A carreira do ator deslanchou a partir de sua participação no filme “Rambo” (First Blood) de 1982. No filme protagonizado por Sylvester Stallone, Dennehy interpretou o intolerante xerife Will Teasle, que perseguiu o veterano da guerra do Vietnã, John Rambo.

Versatilidade

Dennehy mostrou sua versatilidade em produções dos mais diferentes gêneros, ele participou da ficção científica "Cocoon" (1985), também esteve no faroeste protagonizado por Kevin Costner, "Silverado" (1985). No ano seguinte ele esteve na comédia "Perigosamente Juntos", com o galã veterano Robert Redford, outro filme em que se destacou foi no thriller "Acima de Qualquer Suspeita" (1990), com Harrison Ford.

Carreira na TV

Na Televisão, o artista levou para a tela pequena uma versão ficcional do detetive Jack Reed, Reed era um detetive real da polícia de Chicago, que foi vivido por Dennehy em uma série de filmes televisivos que foram ao ar entre os anos de 1992 e 1996, o primeiro filme foi o sucesso "Nas Teias da Corrupção".

Prêmios

Sua atuação em uma adaptação para a TV de uma peça de teatro chamada "Death of a Salesman" (2000) lhe rendeu um Globo de Ouro, ele também ganhou um Tony por este papel em 1999 e voltou a ganhar a conceituada premiação do teatro dos Estados Unidos em 2003, desta vez por "Long Day's Journey Into Night".

Emmy

O ator em sua carreira não conseguiu levar para casa a maior premiação da televisão americana, mas ele foi indicado seis vezes ao Emmy, a mais recente indicação aconteceu em 2005, quando concorreu pelo filme para a televisão "Por Trás da Fé", a produção falava sobre o escândalo de abuso infantil ocorrido na igreja católica.

Últimos trabalhos

Entre suas últimas aparições na televisão estão: participação na série “The Blacklist”, em que interpretou o personagem Dominic Wilson e também em “Hap and Leonard”. No Cinema, ele esteve em “Cavaleiro de Copas” (2015), do cineasta Terrence Malick e apareceu na comédia "Te Peguei!" (2018).

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!