O apresentador Alexandre Garcia foi alvo de um áudio vazado de uma conversa entre os jornalistas Giuliana Morrone e Gerson Camarotti, ocorrida na última sexta-feira (08), no intervalo do jornal global matinal "Bom Dia Brasil".

Na gravação, os apresentadores criticam Alexandre por ter alinhamento de ideias com o presidente Jair Bolsonaro, e a apresentadora chega a chamá-lo de "gagá".

O vazamento causou um clima de muita tensão nos corredores da emissora carioca, que está realizando uma "caça às bruxas", segundo apurou o colunista do UOL Leo Dias, pretendendo identificar o real responsável, ou mesmo arrumar algum "bode expiatório" para se jogar toda a culpa.

Resposta curta de Alexandre Garcia

Em seu perfil oficial no Twitter, Alexandre Garcia deu uma resposta muito rápida a respeito do caso. Ele iniciou o breve desabafo falando de que a conversa não era para chegar para milhões de pessoas já que, a apresentadora falou somente para uma pessoa, porém, como o áudio chegou a conhecimento público, ele se achava na necessidade de responder. "Imagino que gagá seja preconceito contra os mais vividos", disse. "Já maledicência não depende de calendário", completou.

Este breve desabafo foi uma resposta aos jornalistas que o procuravam e insistiam para uma palavra para rebater o ocorrido, porém, ele ignorou os pedidos insistentes da imprensa e procurou isolar-se do mundo. Na noite da última segunda-feira (12) ele apenas limitou-se a falar para Léo Dias que a resposta viria em um vídeo que gravaria para o seu próprio canal no YouTube.

Caça às bruxas na TV Globo

Após uma conversa de dois jornalistas vazarem de dentro da TV Globo, os corredores da Globo do Rio de Janeiro de da Globo Brasília ficaram bastantes tensos.

Em um grupo de conversa por aplicativo, composto dos jornalistas, um gerente do setor da emissora prometeu que o responsável será procurado e "caçado". Segundo apurou Leo Dias, nas conversas informais entre os profissionais, todos tentavam apontar este ou aquele como culpado pelo vazamento.

Entre aqueles que estão responsáveis pelos vídeos da Globo, muitos estavam bastante divididos.

Os que não agradam muito de Giuliana Morrone, deram muita gargalhada da situação, porém, alguns outros se revoltaram e falaram até em "sabotagem industrial".

Depoimento anônimo

O jornalista Leo Dias conseguiu um depoimento de um repórter da emissora e que, eventualmente, é âncora de jornal, porém, pediu anonimato. Ele relatou que seu longo tempo na profissão lhe ensinou uma lição bem valiosa: nunca falar próximo às câmeras ou microfone o que você diria publicamente, como opinião própria. "Nunca se sabe todos os nomes que estão tendo acesso aos bastidores", comentou.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!