O influenciador digital Felipe Neto surpreendeu a todos os fãs ao deixar de seguir em suas redes sociais a atriz global Marina Ruy Barbosa, a cantora de axé Ivete Sangalo e o 'youtuber' Whindersson Nunes.

Para Felipe, os artistas que ele deixou de seguir são pessoas que não usam suas redes sociais para se posicionar sobre assuntos polêmicos que devem ser motivo de discussão. O influenciador digital usa seu Twitter para fazer duras criticas ao atual governo do presidente Jair Bolsonaro e também se manifesta contra Congresso Nacional e o STF (Supremo Tribunal Federal).

Neste último sábado (9), Felipe Neto publicou um vídeo explicando os reais motivos que o levou a deixar de seguir os artistas.

O vídeo que foi intitulado como ''Vídeo-carta aberta para todos os artistas e influenciadores do Brasil'' conta com quase 7 milhões de visualizações, 291 mil curtidas e mais de 80 mil comentários.

"Ninguém é obrigado a se manifestar politicamente. Na época das eleições, quando era PT contra Bolsonaro, eu entendi porque o pessoal ficou calado. Bolsonaro assumiu, começou a vir um monte de escândalos. Todas as questões envolvendo o Queiroz, caixa 2, investigações da Polícia Federal , fake news... e o pessoal foi ficando calado", comentou Felipe Neto em um trecho do seu vídeo.

O ator global Bruno Gagliasso e a mulher, Giovanna Ewebank, usaram o Twitter para se posicionar a favor das criticas feitas por Felipe Neto.

"É isso. Concordo 100 %", escreveu Gagliasso. O vídeo continua tomando uma tremenda repercussão nas redes sociais, onde muitos internautas são favoráveis as palavras ditas pelo influenciador digital, enquanto outras se posicionam contra.

Críticas duras a Bolsonaro

Além de Felipe Neto, Bolsonaro também vem sendo alvo de criticas de outras políticos.

Recentemente, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou de uma entrevista para uma rádio de Belém, Pará, quando fez criticas ao chefe do executivo em relação à atuação do presidente em meio à pandemia do novo coronavírus, que já vitimou milhares de pessoas em todo o mundo. Para Lula, Bolsonaro não estaria fazendo um bom trabalho no governo e diz que ele faz ''papel de ridículo''.

"Ele (Bolsonaro) é tão mau para o Brasil como é o coronavírus. Nós não temos um presidente", disse Lula. O ex-presidente entende que esse momento de pandemia é perigoso para população, e Bolsonaro deveria se preocupar mais com os brasileiros.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!