Na quarta-feira (27) chegou ao fim a carreira do apresentador Zeca Camargo dentro da Rede Globo.

A decisão foi tomada de maneira consensual e sem brigas. O motivo principal da saída de Zeca são as instabilidades vividas no mercado, ocasionadas pela pandemia de coronavírus.

A emissora de Televisão soltou uma nota em que confirma o término da parceria com o apresentador e acrescentou que “continuará de portas abertas para possíveis projetos”.

Outro lado

Segundo especulações, o desligamento teve outra motivação real: ultimamente o artista andava meio insatisfeito com a perda de espaço na Globo. Alguns acham que o clima azedou quando a emissora fez uma proposta de redução salarial a Zeca em 2019, o qual não aceitou ganhar menos.

A partir daí, o Relacionamento entre patrão e empregado pegou um ritmo descendente.

A jornada de Zeca Camargo na Globo durou 24 anos, e o primeiro desafio proposto pela Rede Globo ao apresentador foi a de coordenar projetos e dar novos formatos ao programa dominical “Fantástico”.

Dentro do referido programa ele criou diversas séries, além de comandar entrevistas com personalidades famosas como Madonna, Mick Jagger e Lady Gaga. Entre as séries que criou estão “Aqui se Fala Português”, de 1998, e “A Fantástica Volta ao Mundo”, de 2004.

Uma das inovações levadas por ele na televisão foi a exibição do primeiro ‘reality show’ do Brasil, “No Limite”, uma competição entre pessoas com provas duras e polêmicas dentro da Ilha de Marajó.

Em 2013 ele sai do “Fantástico” e se dirige para o entretenimento, pegando a cadeira principal do “Vídeo Show”.

Dois anos depois, junta-se à equipe de apresentadores do “É de Casa”, dividindo a condução do programa matutino com Patrícia Poeta, André Marques, Cissa Guimarães, entre outros.

Depoimento

Nas redes sociais, Zeca Camargo se pronunciou sobre sua demissão e destacou o período vivido como de lembranças felizes. Sentiu-se gratificado por ter a chance de trabalhar num local propício a boas ideias, dando-lhe espaço e repercussão.

Mencionou dois nomes como responsáveis por sua trajetória bem-sucedida na Globo: Boninho e Luiz Nascimento, ambos apoiadores de seu trabalho.

Sobre seu futuro, Zeca adotou um tom otimista, leve e não quis revelar se já existe algo em seu caminho. Limitou-se a dizer que produzirá conteúdo nos meios virtuais falando, segundo ele, “de coisas que iluminam a vida da gente: cultura, viagens, música, livros, sabedoria, vida!”.

Escreveu que é uma pessoa que busca novos horizontes e possui a expectativa de que coisas boas virão pela frente.

De acordo com informações do jornalista Flávio Ricco, o trabalho de Zeca Camargo é muito bem visto nos corredores da Record. Ainda é incerto se realmente Zeca irá para a televisão dos bispos.

Dois diretores da TV Record sentem-se animados com uma possível contratação do apresentador. Tanto Rogério Gallo, diretor de criação, quanto o vice-presidente de jornalismo, Antônio Guerreiro, concordam que seria um nome de peso a ser agregado ao time da nova emissora.

Porém, até o momento, não há nada de concreto em relação a negociações e tampouco uma manifestação do próprio Zeca Camargo sobre sua ida para a Record ou outro destino do mundo televisivo.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!