Depois de ter sido acusado de abuso por uma mulher chamada Danielle, Justin Bieber decidiu usar seu perfil oficial no Twitter para se pronunciar. De acordo com Danielle, o astro pop supostamente cometeu um abuso contra ela no dia 9 de março de 2014, ocasião em que Justin estaria em Houston, no Texas, com sua até então namorada, Selena Gomez. Agora, ao se pronunciar sobre o assunto, Justin Bieber afirmou: “rumores são rumores”.

Contudo, Justin Bieber ressaltou que abuso é algo que ele leva a sério. E mais, o cantor afirmou que seu desejo era se pronunciar assim que este caso foi a público, contudo, em respeito às vítimas que lidam com este tipo de crime diariamente, ele optou por “reunir fatos antes de fazer qualquer declaração” sobre o assunto.

Bieber ressaltou que normalmente não fala “sobre coisas”, porque durante toda sua carreira artística ele lidou com acusações aleatórias. No entanto, segundo o astro, depois de conversar com sua esposa, Hailey Baldwin, e também com sua equipe profissional, ele decidiu falar sobre o assunto.

Em seguida, Justin Bieber disse que surgiu uma nova história envolvendo seu nome em um abuso que teria acontecido no dia 9 de março de 2014, em Austin, nos Texas, mais precisamente no hotel Four Seasons. Citando isso, o cantor disse querer ser claro e afirmou: “não há verdade nesta história”. Diante disso, Bieber afirmou que provará em breve que nunca esteve no local mencionado pela mulher.

Justin Bieber nega acusação de abuso

Através de diversos tuítes, o astro rebateu as acusações feitas por Danielle, que afirmou anteriormente que Bieber teria lhe convidado a ir ao Hotel Four Seasons, onde, segundo relato dela, o cantor estava hospedado naquela noite. Agora, de acordo com a versão de Justin Bieber, Daniele contou que ele teria surpreendido um mutirão em Austin no Sxsw, onde teria subido ao palco ao lado de seu até então assistente e cantado algumas canções.

Diante desta declaração, o astro afirma que o que a mulher não sabia era que ele participou do evento com sua até então namorada, Selena Gomez.

Para provar o que estava dizendo, o cantor anexou em seu tuítes diversos links de notícias, fotos das redes sociais, recibos de hospedagens, e até capturas de tela de e-mails, que mostram onde o cantor estava nos dias em que Danielle afirma que ele teria praticado o crime.

Entenda

Toda esta polêmica envolvendo o nome do astro pop teve início depois que Danielle que, em 2014, estava com 21 anos, afirmou através de uma publicação em seu Twitter, que ela e dois amigos teriam conhecido Justin Bieber em uma festa, onde teriam, inclusive, tirando fotos ao lado do cantor.

Segundo ela, foi neste momento que o cantor e outro homem teriam lhe convidado a ir ao hotel. No local, o astro teria levado Danielle para o quarto e praticado o suposto crime.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Música
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!