Não teve graça nenhuma o que esse palhaço fez com um jovem de 12 anos e outro de 13, durante cerca de um mês. O estupro foi cometido em Santa Catarina, mas o palhaço foi preso em Belo Horizonte e a Polícia Militar da capital mineira informou que ele foi detido logo após ter se apresentado em uma escola. O homem estava se apresentando em uma escola localizada na região nordeste de BH e a PM agora investiga se ele teria abusado de algum jovem também na cidade.

O homem foi descoberto graças a suspeita da diretora, que resolveu fazer uma pesquisa na internet para conhecer melhor o tal palhaço que estava apresentando na escola.

Publicidade
Publicidade

A diretora "jogou" o nome do artista na rede mundial de computadores e logo descobriu que ele vinha sendo acusado de ter estuprado dois jovens em Blumenau. Imediatamente ela entrou em contato com a Polícia Militar para fazer a denúncia.

A PM de Minas logo entrou em contato com a Justiça do outro estado e ao receber a confirmação de que o sujeito realmente era procurado, expediu um mandado de prisão contra o palhaço e foi imediatamente para a escola onde ele se encontrava. Ao ser abordado, o homem contou aos oficiais que ele estava na capital mineira há alguns dias e tinha ido parar ali para fazer seus espetáculos, pois ele trabalhava viajando por todo o país se apresentando como palhaço, principalmente em escolas.

Henrique Stodieck Neto, delegado de Blumenau, responsável pelo caso, informou que a denúncia contra o palhaço foi feita no último dia 16 e confirmou que os jovens abusados pelo homem têm 12 e 13 anos, sendo que o abuso foi cometido por cerca de um mês, período em que o sujeito se hospedou na residência dos pais das vítimas.

Publicidade

O delegado ainda contou que o palhaço aproveitou o fato da família dos jovens quererem ajudá-lo. Eles ficaram com pena de ver o homem passando tanta dificuldade e lhe ofereceram almoço, depois passaram a oferecer janta também e por fim, o palhaço até já estava dormindo na casa da família.

Em Belo Horizonte, o palhaço se hospedou em um abrigo onde se encontra uma criança de 7 anos que estuda na escola onde ele vinha se apresentando, mas a Polícia Militar de Minas Gerais acredita que ele não chegou a cometer nenhum #Estupro na capital mineira. Agora ele será transferido para Santa Catarina, onde responderá pelos crimes cometidos por lá. #Crime #Casos de polícia