Comprar os sapatinhos, ir ao médico, fazer o chá de bebê, enfim, todas essas atividades típicas de uma #gestante são o sonho de basicamente todas as mulheres.

Ser mãe é algo muito especial e, com certeza, um filho é um dos principais complementos para qualquer mulher.

Após haver a constatação da gravidez é de suma importância tomar sérios cuidados para que tudo ocorra bem. Durante os nove meses, o corpo passa por transformações e é necessário se adaptar às mudanças.

Se a gestante não tomar todos os cuidados necessários, a criança pode vir a nascer com graves sequelas ou até mesmo ir ao óbito. 

Cuidados importantes

Alimentar-se bem: toda gestante deve se preocupar primordialmente com a sua alimentação.

Publicidade
Publicidade

O ácido fólico, por exemplo, é um nutriente essencial para grávidas. Ele contribui com a formação fetal e, inclusive, evita que ocorram complicações. Portanto, consuma todos os dias pelo menos uma fonte de ácido fólico.

Entre os principais alimentos ricos em ácido fólico, podemos citar o fígado de boi e de galinha, lentilhas, quiabo, feijão preto, soja e macarrão. Há a possibilidade de consumir um suplemento de ácido fólico, mas antes converse com o seu médico. Além disso, consuma muitos vegetais, ovos e leite, pois esses são alimentos indispensáveis.

Dormir: durante a gravidez é comum a presença de um cansaço excessivo e, consequentemente, o sono aparece. É necessário descansar bem. O ideal é dormir pelo menos oito horas por dia. Havendo a possibilidade, uma soneca no meio do dia é sempre bem-vinda.

Publicidade

Pré-natal: após a confirmação da gravidez, faça o pré-natal o mais brevemente possível. É necessário monitorar o desenvolvimento da criança desde os primeiros dias. Este e outros exames cabíveis são essenciais para averiguar o desenvolvimento do feto e eles podem inclusive evitar que a criança nasça com alguma anomalia.

Atividades físicas: faça atividades físicas todos os dias, mas moderadamente e com acompanhamento médico. As melhores atividades são as aeróbicas. Levantamento de peso não é indicado.

Cigarro e álcool: tudo que a gestante faz com o seu corpo, respinga direta ou indiretamente no bebê. O consumo excessivo de bebidas alcoólicas e a utilização do cigarro podem acarretar em problemas para o bebê. Entre as possibilidades passíveis, podemos citar o aborto espontâneo ou até mesmo deficiências físicas ou intelectuais.

Cuidados com os remédios: medicamentos aparentemente inofensivos podem ser grandes inimigos da gestante. Isso porque alguns dos principais remédio podem provocar aborto espontâneo, ainda mais se forem consumidos em doses altas.

Publicidade

Por esta razão, nunca consuma medicamentos sem prescrição médica durante a gravidez. Mesmo sem estar grávida, os riscos para a saúde são evidentes, mas quando a gestação ocorre, a cautela deve ser ainda maior.

Roupas confortáveis: não utilize roupas apertadas, principalmente as que possivelmente vão pressionar a região da barriga. É comum ocorrer aborto ou má formação fetal devido à utilização de roupas apertadas. Procure utilizar peças mais folgadas, afinal de contas até você mesma se sentirá melhor. #Maternidade #Bebês