Domingo, 9 de fevereiro de 1964, a banda britânica The Beatles se apresentava ao vivo, pela primeira vez, na #Televisão americana. Milhões de pessoas nos Estados Unidos assistiram à performance dos jovens Paul McCartney, John Lennon, Ringo Starr e George Harrison, membros daquela que seria uma das maiores bandas de rock de todos os tempos. A apresentação, que marcaria o início da Beatlemania, ocorreu no programa de TV The Ed Sullivan Show.

'The Ed Sullivan Show' foi um programa de auditório exibido pela rede de televisão CBS e apresentado por Ed Sullivan. O show ia ao ar aos domingos, às 20 horas. Ed Sullivan recebia no palco de seu programa músicos, comediantes e artistas diversos.

Publicidade
Publicidade

Entre as marcas importantes do Sullivan Show está o fato de ser o programa de variedades de maior longevidade dos EUA. Foi exibido entre os anos de 1948 e 1971.

Outro recorde do programa refere-se à audiência. O The Ed Sullivan Show com os Beatles foi o programa de #Entretenimento mais assistido daquela época. A participação do quarteto britânico no show foi um sucesso de audiência. Cerca de 73 milhões de americanos assistiram aos Beatles pela TV naquela noite. Continua sendo, ainda hoje, umas das maiores audiências da televisão nos Estados Unidos.

Milhares de pessoas também tentaram ver os Beatles ao vivo. Cerca de 50.000 pessoas solicitaram ingressos para estar presente no Studio 50, em Manhattan, onde era transmitido o The Sullivan Show. No entanto, o estúdio da CBS em Nova York não comportava toda essa gente.

Publicidade

Apenas 728 pessoas assistiram aos Beatles ao vivo na plateia do Sullivan.  Entre elas, a filha de Richard Nixon, que seria presidente dos EUA em 1969. 

Curiosamente, na época da participação dos Beatles no Sullivan Show, o guitarrista da banda, George Harrison, estava doente e não participou da passagem de som no Studio 50. George ficou no hotel e foi substituído no ensaio por Neil Aspinall.

Como foi a apresentação               

Ed Sullivan anunciou a banda com a famosa frase “Senhoras e senhores... Os Beatles”. Ao som de gritos femininos vindos da plateia, os garotos de Liverpool executaram as canções "All My Loving" e "Till There Was You" do musical da Broadway The Music Man. Durante essa #Música, a câmera filmou cada integrante da banda, e a TV exibiu seus nomes. Na vez de Lennon, além de seu primeiro nome, a tela exibiu a seguinte legenda: “Desculpem garotas. Ele é casado”. Naquele momento, Lennon era casado com Cynthia Powell, com quem permaneceu até 1968. A terceira música tocada pelo quarteto foi "She Loves You".

Publicidade

A apresentação dos Beatles sofreu uma pausa, e o programa seguiu, exibindo outras atrações. Mais tarde, a banda voltou ao palco para realizar a última parte de sua aparição. Enquanto o Fab Four se apresentava, a televisão exibia moҫas na plateia gritando e pulando. O grupo finalizou sua performance tocando "I Saw Her Standing There" e "I Wanna Hold Your Hand", que estava em primeiro lugar na parada da Billboard nos EUA. Antes do êxito na América, os Beatles já faziam sucesso no Reino Unido e em alguns países da Europa.

Repercussão e Consequências

Apesar da reação positiva dos espectadores no Sullivan e da grande audiência do programa, parte da imprensa americana teceu duras críticas ao grupo. A revista Newsweek exibiu um artigo no qual criticava a melodia das músicas, as letras simples e até o visual dos Beatles. Havia, na mídia americana, um clima pessimista, já que poucos meses antes, em novembro de 1963, o presidente John F. Kennedy havia sido assassinado. A crítica da revista afirmava, ainda, que a banda não duraria muito tempo.

Os Beatles tocaram juntos por muitos anos, e suas músicas são executadas até hoje. A histeria causada pela aparição da banda britânica no The Ed Sullivan Show marcou o começo da Beatlemania no mundo. Além disso, o sucesso do grupo na TV dos Estados Unidos despertou o interesse de americanos em outros grupos do Reino Unido, como The Animals e The Rolling Stones, o que ficou conhecido como Invasão Britânica.