O mundo chorou quando #Titanic estreou nos cinemas em 1997. Lembra como começava o #Filme do Titanic? Uma voz suave, de uma idosa, profere as seguintes palavras: 'Já se passaram 84 anos...'

Nunca na história dos cinemas, um filme que tratava unicamente de um naufrágio conseguiu encantar o público de forma absurda.

O diretor canadense James Cameron, com o filme 'Titanic', conseguiu contar uma das mais românticas histórias de amor, vividas por dois personagens fictícios, Jack Dawson e Rose DeWitt Bukater.

No filme, o casal, que pertencia a diferentes classes sociais, acaba se encontrando, e se apaixona perdidamente.

A bordo do transatlântico Titanic, eles viveram a mais linda história de amor, que foi contada por Rose, já idosa, anos depois, quando uma equipe de resgate de objetos raros e que valiam uma fortuna, resolveram explorar o naufragado Titanic, em busca da joia chamada de 'Coração do Oceano', um enorme diamante.

Publicidade
Publicidade

História do Titanic

No ano de 1912, o navio deixava a cidade inglesa de Southampton, e ia em direção a cidade americana Nova York, no dia 10 de abril.

Mas, depois de 5 dias no mar, o navio acabou batendo em um enorme iceberg, e acabou naufragando.

No filme, o diretor conta a história do naufrágio, com alguns fatos reais, e outros fictícios, incluindo o amor de Rose e Jack.

A atriz que conta toda a história à equipe de resgate, no filme, narra todos os acontecimentos que se passaram desde o dia que saíram para seguir viagem, até o momento mais angustiante do naufrágio.

Rose, a personagem principal, ganhou duas atrizes que a representaram em idades diferentes. Gloria Stuart, que infelizmente já faleceu, e Kate Winslet.

Gloria Stuart, na época tinha do filme, tinha 86 anos, e chegou a receber indicação ao prêmio máximo do cinema americano, o Oscar, como a melhor atriz coadjuvante/secundária.

Publicidade

Infelizmente, o câncer de pulmão a levou. Viveu 100 anos, falecendo no dia 26 de setembro de 2010.

Quando jovem, ela chegou participar de alguns filmes, como The Old Dark House (1932), The Invisible Man (1933).

Depois de um tempo, ela largou sua vida de atriz, e dedicou-se à pintura, e chegou a ter várias exposições nos Estados Unidos e na Europa.

Depois 30 anos distante da telinha, ela resolveu voltar e participou de outros filmes, como The Legend of Lizzie Borden (1975) e My Favorite Year (1982).

Em 1997, ela foi convidada para ser Rose, já idosa, e contar a fabulosa história de amor, a bordo do Titanic, o filme que marcou sua carreira.

Veja como ela quando jovem:

#famosas