O hábito de colecionar #moedas e cédulas de dinheiro é chamado de #numismática. Esse é o hábito de milhares de pessoas ao redor do mundo.

Aqui no Brasil também existem esse tipo de colecionador e eles podem pagar um valor alto dependendo da moeda ou cédula que você tiver em mãos. Confira abaixo as cinco moedas brasileiras que podem valer uma pequena fortuna se forem oferecidas para a pessoa certa.

Moeda de R$ 1 real de 1999

Em quinto lugar no quesito valores está a moeda de R$ 1 real de 1999. Ela pode valer até R$ 12 na mão do colecionador certo.

Moeda de R$ 1 da bandeira olímpica de 2012

Em quarto lugar está a moeda da bandeira olímpica em homenagem a entrega da bandeira para o Brasil, que foi a sede das Olimpíadas em 2016.

Publicidade
Publicidade

Essa moeda pode valer até R$ 20.

Moeda de 5 centavos de 1999 e 2000

Em terceiro lugar está a moeda de 5 centavos feitas em 1999 e 2000. Ela pode valer até R$ 40 se você conseguir encontrar o colecionador certo.

Moeda de 10 centavos de 2000

A vice-campeã em avaliação dos #colecionadores é a moeda de 10 centavos de 2000. Ela pode valer até R$ 200 para um colecionador. Nada mal para uma moeda de 10 centavos.

Moeda de R$ 1 real dos direitos humanos de 1998

Essa é a campeã quando se trata de moedas brasileiras para colecionadores. Ela consequentemente é a mais rara e mais difícil de se encontrar, mas alguns colecionadores já pagaram até R$ 50 mil reais por uma moeda dessa.

O que você achou dessas moedas? Confira nos seus bolsos, carteiras, bolsas e nos porquinhos das crianças, vai que você encontra uma moeda dessas por lá e ganha uma bolada.

Publicidade

Vale a pena conferir.

Numismática

O termo Numismática vem do latim “numisma”, significa moeda. Ela não se refere apenas ao ato de colecionar cédulas e moedas, mas também para pessoas que tenham por hábito colecionar itens como jetons, que são bottons para identificação de membros de uma corporação ou mesmo moedas particulares, que são moedas que existem para utilização dentro de fazendas por exemplo.

A arte da numismática começou ainda no império Romano e era feita pelos aristocratas. Já aqui no Brasil, ela começou por volta do século 19, também sendo feita pela aristocracia do país, que importou esse costume da Europa.

O motivo por essa arte de colecionar moedas ter iniciado pelos aristocratas é porque naquela época eles eram as pessoas mais instruídas da sociedade e também as com maiores condições financeiras para desenvolver um hobby caro como esse.