Sucesso no mundo todo, o refrigerante a base de coca, da marca Coca-Cola é um dos produtos mais comercializados e consumidos no Brasil e no mundo.

Detentora de uma 'receita secreta', o produto por diversas vezes tentou ser imitado sem sucesso e sem ao menos se deixar abalar por suas cópias, continua sendo quase que unanimidade no gosto e na mesa de brasileiros e estrangeiros, fãs da bebida gaseificada.

Idolatrada por diversos consumidores, a bebida já lançou uma série de brindes, que marcaram toda uma geração. Um dos brindes mais famosos desenvolvidos e fornecidos pela marca de refrigerante, foram as mini garrafas, que vinham dentro de pequenos engradados vermelhos, com o logo da #coca-cola.

Publicidade
Publicidade

O brinde distribuído entre meados dos anos 1980 e 1990, fez a alegria das crianças e até hoje é um artigo bastante procurado entre os colecionadores de miniatura e brinquedos antigos.

Colecionadas por muitas crianças e adultos da época, as garrafinhas de Coca-Cola vinham cheias com um produto um tanto quanto 'misterioso'. Muitos acreditavam que o conteúdo das garrafas era de fato o refrigerante, porém pelo fato de o mesmo não demonstrar possuir gás e com o tempo ter sua cor alterada, algumas pessoas concluíram que o líquido guardado nas garrafas não se tratava de Coca-Cola e poderia sim, ser algo que faria mal caso consumido.

Muitos anos se passaram, até que o mistério acerca do líquido introduzido nas famosas garrafinhas fosse desvendado, bem como se o mesmo causava ou não danos à saúde caso ingerido.

Publicidade

O grande mistério que rondou por décadas o líquido e se ele de fato fazia mal, foi motivo de inúmeras teoria, indo das mais absurdas, até algumas bastante convincentes para os curiosos de plantão.

Buscando finalmente acabar com a dúvida, que tanto 'tirou o sono' de brasileiros e estrangeiros que conheceram a miniatura da garrafa, o portal UOL, entrou em contato direto com a equipe de marketing da famosa empresa para por fim às teorias da conspiração e acabar de vez com esse mistério.

De acordo com informações passadas pela equipe de jornalistas do site, o líquido das garrafinhas era nada mais que uma mistura de água natural não gaseificada, um conservante de tonalidade formado de benzoato de sódio e corante na cor caramelo, que juntos, criavam a ilusão de que havia Coca-Cola ali dentro.

De acordo com a empresa que fabrica e distribui o produto, o mesmo não era feito visando o consumo, mas que felizmente a composição não causava danos à saúde. #mini garrafinhas de coca cola #garrafa coca-cola