Publicidade
Publicidade

Cartomante, vidente, mago, enfim, existem várias denominações para pessoas que afirmam poder ver o passado, presente e o futuro dos outros, mas será que isso é mesmo verdade? Bem, não se pode afirmar que não exista ninguém com esse dom, pode ser, mas é fato que a gigantesca maioria dos que afirmam ter esse poder, na verdade, se utiliza de #truques que parecem simplórios, mas que causam um grande efeito sob os demais.

Conheça os cinco truques mais comuns utilizados por #videntes em diversas partes do mundo>

Alguém tem inveja de você!

A maioria dos videntes precisa obter algum tipo de informação sobre a pessoa que foi consultá-lo, mas, se começar a fazer perguntas, corre o risco de não ser levado a sério.

Publicidade

Então, o jeito é “jogar iscas”. A primeira delas é citar no começo ou no meio da sessão que pessoa é muito invejada por alguém que finge ser amigo(a), mas que na verdade, quer o seu mal.

Quase 100% dos clientes se lembrarão, imediatamente, de alguém do ciclo de amizades ou trabalho que aparenta ser falso(a) e ficará surpreso que o vidente tenha descoberto tão rapidamente o que ele(a) já desconfiava. Na verdade, com ou sem motivo, quase todo mundo desconfia da sinceridade de uma ou mais pessoas próximas.

Sempre achamos que alguém pode ter inveja ou raiva por causa do que temos, somos, fazemos etc. Quando um “profissional” confirma isso, sem perceber acabamos revelando pistas importantíssimas ao falarmos que é uma vizinha invejosa, um amigo do trabalho querendo puxar o tapete, enfim, mordemos a isca.

Publicidade

Porém, o vidente fingirá que não ouviu, só que mais à frente ele juntará essas informações e conseguirá montar uma história ainda mais elaborada que deixará o(a) cliente de boca aberta com seus ‘’dons’’.

Não tem valorizam

Outra mensagem que quase todos os videntes dizem enxergar é que o(a) cliente é uma pessoa muito boa, mas que muitos não reconhecem seu valor. Essa pega todo mundo, pelo simples fato de que em um ou vários momentos de nossa vida achamos que não somos devidamente valorizados, seja pela família, trabalho, amigos ou em um relacionamento amoroso.

No momento em que o vidente diz isso, alguns chegam até se emocionar, outros se sentem revoltados por dentro, pois têm a confirmação do que sempre sentiram. Novamente, sem notar, o(a) cliente falará sobre pessoas e situações que confirmam isso e o vidente tratará de usar essas informações mais a frente.

Algo lhe incomoda

Para tentar extrair o motivo que mais aflige a pessoa que o procura, o vidente começa a jogar mais iscas, dizendo que está sentindo que tem algo que está incomodando muito a pessoa, um problema que tem lhe deixado agoniada dia e noite.

Publicidade

Ele enrola o máximo possível, dá chutes subjetivos até acertar ou até que pessoa deixe escapar uma pequena pista, o que será suficiente para ele criar uma narrativa de que esse problema em um futuro próximo será resolvido.

Isso faz com que a pessoa se sinta bem, ninguém gosta de imaginar que o futuro será pior. Logo, se o “profissional” diz que as coisas se acertarão com o tempo, agradará o(a) cliente.

Perdeu uma pessoa

Novamente usando da subjetividade, apenas enrolando, o vidente diz que “viu” ou “recebeu uma mensagem” de que o(a) cliente ainda sente muita falta de uma pessoa. Notem o truque, ele não diz se a pessoa que faz falta, morreu, mudou-se para longe ou se foi porque uma relação terminou.

Apenas joga a isca e o(a) cliente acreditará. Afinal de contas, todo mundo sente saudades seja de alguém que já faleceu, de uma amizade que perdeu contato ou do fim de um relacionamento amoroso [VIDEO] ou de amizade. A pessoa, já induzida pelos truques anteriores, se emocionará e acabará contando de quem sente falta.

Notícias boas virão

Perto do fim da sessão, é preciso agradar o(a) cliente e, outra vez, através da subjetividade, o vidente dirá que daqui a algum tempo ocorrerão coisas boas na vida da pessoa. Dependendo das informações que já arrancou, ele dirá que será um novo amor [VIDEO]que surgirá ou uma grande quantia de dinheiro que a pessoa receberá, um emprego importante. Enfim, é preciso que a pessoa vá embora feliz para indicá-lo a outros.

Gostou do artigo? Então, que tal compartilhá-la com seus amigos na sua página no Facebook? Assim os amigos também poderão ler. #Golpe