A nossa bandeira nacional com toda sua beleza e exuberância é vista como motivo de imenso orgulho por muitos do nosso país, criada quatro dias após a proclamação da república no ano de 1889, ela veio para consagrar essa vitória.

      Ela foi criada para representar nosso país, o verde nossas matas, o amarelo nosso ouro, o azul do nosso céus e o branco a nossa paz. Mas pensando bem representar o que afinal em nosso país? O verde das matas? Que matas afinal? As matas devastadas pelos portugueses nos primeiros anos de colonização e que continuaram a ser destruídas posteriormente pelo povo brasileiro visando apenas interesses financeiros pessoais.

      O amarelo representar nosso ouro isso parece piada... Que ouro que aquele losango amarelo representa? O que só as esposas dos milionários possuem e exibem nos eventos sociais ou aquele ouro que sustenta a nação portuguesa até os dias de hoje e que foram retirados daqui durante os séculos de exploração.

        Agora o azul do nosso céu, talvez até tivéssemos um céu azul, antes da industrialização do nosso país, que ocorreu de forma descontrolada e desorganizada e deixou marcas irreparáveis no nosso meio ambiente e transformou nosso céu azul em um céu cinzento, repleto de gases tóxicos e nocivos.

         O branco da paz, esse realmente eu não entendi até agora. Ainda bem que ele ocupa um pequeno espaço na nossa bandeira e ninguém nota, paz onde está ou esteve a paz no nosso país? Esteve será na relação de exploração entre colonizadores e índios, na relação entre os grandes fazendeiros e escravos africanos, ou a paz está nas ruas, avenidas e periferias de nossas grandes cidades nos dias atuais, nas escolas e hospitais que são depósitos da raça humana?

         Não bastante as cores ainda temos uma frase em nossa bandeira "ORDEM E PROGRESSO", frase essa que de forma bem humorada, após as últimas eleições, a população ironizou nas redes sociais como "DESORDEM E RETROCESSO", e sendo bem sincera essa seria a frase perfeita não apenas para os dias atuais, mas sim para toda a história do nosso país.

          Mas a representatividade da nossa bandeira não termina nas cores ou na frase, como uma bandeira representa seu povo, quando ela está em condições que não pode mais ser utilizada ela deve ser queimada com honras militares, algo semelhante ao funeral de um militar.

        Se a bandeira representa seu povo, porque ela não pode ser destruída assim como seu povo, na violência das ruas, nos corredores de hospitais ineficientes? Porque um pedaço de pano merece tanta veneração enquanto seu povo, seres humanos são tratados de forma tão omissa e vergonhosa?





#Opinião