Ao longo da história humana, muitas pessoas de diferentes origens e formações fazem inúmeras conjecturas, por exemplo, de qual raça é superior a outra ou de qual povo é mais inteligente do que o outro. Ainda bem que o tempo funciona como “o senhor da razão” em comprovar que se todas as pessoas tiverem as mesmas oportunidades e condições, tais como: alimentação, educação, estrutura familiar de apoio, entre outros fatores, essas teorias sem sentido, de superioridade racial caem por terra.

Por outro lado, uma realidade não pode ser ignorada, que é a da existência de povos mais limpos ou mesmo mais cheirosos do que outros, independente da formação secular, classe social, inclinação religiosa professada ou grau de instrução de cada indivíduo.

Publicidade
Publicidade

A verdade acima foi estabelecida com o estudo estatístico obtido por meio de pesquisas realizadas muito recentemente pelo Euromonitor International, cujos resultados foram publicados em uma revista de grande circulação em todo o território nacional, abordando os comportamentos diretamente relacionados ao contexto dos hábitos e práticas higiênicos do povo do Brasil, que ocupa o 1.º lugar no ranking quando o tema é limpeza e também higiene do próprio corpo ou do espaço que o circunda.

Vale frisar que a Euromonitor foi fundada em 1972 na Grã-Bretanha e hoje ocupa a primazia no que diz respeito ao segmento de pesquisas de cunho estratégico para os mercados consumidores em nível mundial. Em análises e pesquisas significativas é importante antes de tudo, que a ação seja conduzida com neutralidade e assertividade, a fim de se obter resultados imparciais.

Publicidade

A pesquisa citada sobre limpeza e higiene foi processada em 15 nações distintas, sendo tabuladas informações bastante significativas, as quais inclusive podem servir de norte para a tomada de decisões políticas de cunho social dos Governos dos países que tiveram a pesquisa implementada.  #Opinião #Curiosidades #Comportamento

ALGUNS NÚMEROS E DADOS SIGNIFICATIVOS OBTIDOS COM A PESQUISA: 

  • Constatou-se que na Grã-Bretanha, país sede da Euromonitor, aproximadamente 80% das pessoas do sexo feminino não se banham diariamente e por incrível que possa parecer, até 30% das mulheres ficam por 3 dias sem banho;
  • Na maioria dos países em que a pesquisa foi feita, a quantidade média é de 1 banho por dia;
  • O povo do México na sua maioria lava os cabelos todas as vezes que tomam banho; 
  • Os brasileiros por sua vez, se banham aproximadamente 12 vezes por semana, lavando as cabeças uma média de 4 vezes somente, mas sempre se perfumam;
  • No país que tem uma imensa população, que é a Índia, a conclusão da pesquisa foi contaminada, uma vez que metade dos lares não tem sequer um banheiro.