O #Brasil, sendo um país que abriga desde seu descobrimento pessoas vindas dos quatro cantos do mundo, é natural que também seja composta por diversas religiões. E como é de se esperar em um país conflituoso e cheio de preconceitos, a intolerância direcionada às religiões não ficaria fora disso.

Certo tempo, tínhamos o catolicismo como religião oficial, esta trazida pelos portugueses. Hoje, a Constituição Federal define nosso país como um estado laico, sendo as pessoas livres para expressarem suas crenças, ou não - ateus, por exemplo. O problema é que a laicidade fica apenas definida no papel, e isso é percebido quando observamos ou vivenciamos os bombardeios intolerantes vindo de todos os lados.

Publicidade
Publicidade

Como o Brasil poderia combater a intolerância religiosa de forma eficaz?

A maioria de nossas escolas tem, em sua grade curricular, a disciplina de ensino religioso. Porém, a religião enfatizada nas aulas da maioria das escolas é o cristianismo. Como é uma disciplina trabalhada normalmente no Ensino Fundamental I, as crianças já são direcionadas a aceitar/respeitar apenas o que lhe foi ensinado.

Abordar todas as religiões existentes no Brasil durante as aulas da disciplina seria o ponto de partida para a estrada que nos leva ao combate eficaz da intolerância religiosa. A partir do momento em que nenhuma religião ganha destaque, e todas são abordadas da mesma forma, a visão obtida por quem está aprendendo é de que a liberdade para escolher sua crença é real, pois ele não foi “induzido” a respeitar ou a seguir a uma religião específica.

Publicidade

Recebeu o ensino geral, e terá o livre arbítrio para decidir. Óbvio que não é a única maneira para o combate, mas seria uma das que teriam mais probabilidades de funcionar. Ninguém nasce preconceituoso, a pessoa aprende com o que lhe é mostrado e vivenciado.

Mas respondendo à pergunta de como combater a intolerância religiosa de forma eficaz, creio que não há um caminho melhor para combater a intolerância religiosa do que a base do respeito e conhecimento: a #Educação. #Preconceito