A mecânica de um mundo em que, por obra e graça da internet, principalmente das redes sociais, as declarações dos famosos dão a volta ao mundo quase instantaneamente, são distorcidas rapidamente e servem de pasto a haters de todo tipo, que utilizam e aprofundam a poralização da sociedade, parecia destinado a tornar as celebridades excessivamente cautelosas e discretas, limitadas a declarações assépticas, ensaiadas e milimetricamente planejadas para evitar toda e qualquer controvérsia, escritas ou pelo menos aprovadas por profissionais de relações públicas.

Bom, existem estas celebridades e existe Paolla Oliveira, um ser completamente diferente.

Publicidade
Publicidade

Em entrevista ao canal no Youtube de Lela Gomes, filha do diretor de filmes e telenovelas globais Rogério Gomes (conhecido como Papinha, ex-marido de ninguém menos que Deborah Secco), #Paola Oliveira abriu o jogo e confessou já ter enviado #nudes.

Quanto ao que as mulheres podem ou não fazer, a atriz de 34 anos resolveu ser bem clara e direta em sua defesa da igualdade sexual entre homens e mulheres: "Mulher pode tudo, homem também. E se o homem achar que a mulher é piranha porque fez isso [manter relações sexuais] no primeiro encontro, aí manda ele vazar".

É bom lembrar que não são poucas as celebridades (para não falar de pessoas comuns) que tiveram nudes vazados ou pelo menos foram apontadas como protagonistas de nudes, cuja veracidade é discutida. Entre elas, podemos mencionar ex-estrelas de programas juvenis como Victoria Justice e as cantoras Ariana Grande e Miley Cyrus, a atriz Jennifer Lawrence e a estrela do seriado The Big Bang Theory Kaley Cuoco, Kim Kardashian e a craque americana do "soccer" (futebol) Hope Solo.

Publicidade

Enfim, se o mundo só soube que Paolla Oliveira enviou fotos de si mesma nua graças a uma entrevista dela, então ela é uma mulher de sorte - sorte que alguns homens assanhados certamente não deixarão de amaldiçoar. Todo o cuidado é pouco, portanto, pois nem todas(os) terão a sorte de Paolla Oliveira de escapar dos olhares curiosos e não-convidados.

Vídeo:

#sexo