Crimes que envolvem crianças sempre são os que mais chamam a atenção no Brasil. Crimes que ocorrem dentro da própria família causam choque e tristeza para todos.

Recentemente, um crime trouxe bastante repercussão no Brasil. Uma mãe percebeu que algo de estranho estava acontecendo com sua filha e ao investigar notou que a menina de apenas 12 anos estava sendo abusada. O caso aconteceu em Aparecida de Goiânia. O padrasto da menina acusado do crime ainda não foi preso. O caso ganhou repercussão nesta terça-feira (13).

Mãe grava padrasto abusando de sua filha em Aparecida de Goiânia

A mãe da menina levou as gravações para a delegacia local e contou à polícia tudo o que aconteceu durante o crime.

Apesar do vídeo ser bastante evidente, a polícia ainda não prendeu o acusado e também não revelou o nome do mesmo para a imprensa.

O homem tem 61 anos de idade e estava com a mulher por intermédio de união estável há alguns anos. A mãe da menina, Ilda Helbingen, imaginava que por conta de seu parceiro já ser idoso isso não aconteceria, porém ela se enganou.

Mulher denunciou seu companheiro por a buso a filha e se emociona com o vídeo que fez

A mulher que realizou a denúncia afirmou a filiada da Rede Globo na região que ficou em choque logo que soube dos Abusos que sua filha vinha sofrendo.

Ela ainda contou em seu depoimento como fez a gravação. A mulher disse que posicionou um celular escondido em um quarto com a câmera ligada e deixou filmando, esperando que algo acontecesse ali para poder entregar a polícia a prova do crime cometido.

Sabendo que o homem não faria nada enquanto ela estivesse em casa, Ilda resolveu ir até a vizinha para dar tempo, quando voltou e pegou o celular, viu o trágico vídeo gravado e sua filha menor sendo abusada por seu companheiro. Ela conta que teve que olhar várias e várias vezes o vídeo para enfim acreditar e ir até a delegacia fazer a denúncia.

Menina confirmou que sofreu abuso por padrasto

O homem aparece no vídeo tocando nas partes intimas da menina. Ilda fala que brigou com ele e perguntou o motivo que ele abusava da menina. Ele falou que tudo não passou de um "vacilo".

A mãe da menina colocou o homem para fora de casa. Ele falou que não abusaria mais da menina. Só que Ilda não aceitou mais ver aquele homem em sua casa e ele foi embora.

Com essa saída, a polícia ainda não conseguiu localizar o homem para prendê-lo. A menina de apenas 12 anos confirmou a polícia os abusos do padrasto.

Não perca a nossa página no Facebook!