Os moradores de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, foram surpreendidos nesta sexta-feira (25) com o rompimento de uma barragem da Vale. A Defesa Civil foi ao local retirar os moradores de suas residências, dando prioridade àqueles que moram na parte baixa da cidade.

O rompimento da barragem da mineradora Vale nesta sexta-feira já é um dos assuntos mais comentados nas redes sociais, e moradores do local relatam os problemas que estão enfrentando. Militares e agentes já foram acionados e estão se dirigindo ao local.

O Corpo de Bombeiro confirmou o rompimento da barragem por volta das 13h20 e, sete minutos depois, a Vale se manifestou apenas para dizer que se pronunciará a respeito mais tarde.

Por volta das 13h30, a Prefeitura de Brumadinho alertou em suas redes sociais para a população da cidade manter distância do leito do Rio Paraopeba.

O Corpo de Bombeiros logo enviou um helicóptero para ajudar no resgate dos moradores. A Semad (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável) enviou uma equipe para a Barragem Mina do Feijão.

O site da Vale informa que há duas barragens com esse mesmo nome, sendo que uma tem cerca de um milhão de m³ e a outra barragem é menor, com cerca de 290 mil m³, e é usada para a contenção de sedimentos e clarificação do efluente final.

As equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil estão avaliando a extensão do problema. Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, já informou que também escalou uma equipe da pasta para viajar imediatamente para Brumadinho e acompanhar de perto o que houve para que todas as providências sejam tomadas.

Fotos nas redes sociais mostram o caos

No Twitter, vários moradores estão postando fotos mostrando a lama que tomou conta de ruas, avenidas, invadindo casas e plantações.

A prefeitura de Brumadinho já divulgou um alerta para que ninguém fique próximo ao leito rio Paraopeba.

Segundo os bombeiros, o chamado dá a entender que o rompimento é de uma barragem de rejeitos e que deve haver muitas vítimas, porém, nenhuma informação oficial ainda foi dada sobre feridos ou até mesmo mortes em decorrência da tragédia. A Defesa Civil já confirmou o rompimento, mas não foi detectado ainda o local exato. Os técnicos estão avaliando o local.

O Instituto Inhotim já avisou que todos os funcionários e visitantes estão sendo retirados do local por precaução.

Esse é mais um rompimento de barragem em Minas Gerais.

Alguns vídeos no Twitter mostram pessoas sendo resgatas da lama.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Natureza
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!