Felipe Cardoso, meio campista das categorias de base do time do Flamengo, conhecido por todos como Felipinho, disse em suas redes sociais que o incêndio [VIDEO]começou em seu quarto e por muita sorte conseguiu escapar do fogo antes que as chamas alcançassem sua cama.

A tragédia que matou 10 pessoas no Centro de Treinamento do Ninho do Urubu, localizado na zona oeste do Rio de Janeiro, repercutiu em todos os cantos do mundo e fez com que milhares de pessoas entrassem em luto.

Felipe escreveu uma mensagem de desabafo em suas redes sociais e explicou que tudo iniciou em seu quarto, agradeceu muito a Deus por ter lhe dado uma outra oportunidade de viver e que estivesse nos corações de seus irmãos os confortando.

Publicidade

Os bombeiros foram acionados pela madrugada e a Polícia chegou ao local por volta das 10 da manhã para realizar um inquérito a fim de descobrir as reais causas do desastre que abalou o mundo da bola.

O jovem João Pedro da Cruz, de 16 anos de idade, que também atua nas categorias de base do clube e que é conhecido como Neguebinha, revelou pela manhã que iria dormir no alojamento, porém, como não iria ter nenhum treino nesta sexta-feira, decidiu ir para casa.

Pedro contou que seus amigos teriam lhe convidado para dormir no CT, porém, decidiu ir para a casa de um colega que mora ali perto da Barra da Tijuca.

Revelou que sua manhã foi triste e desesperadora com a notícia de que o Centro de Treinamento teria pegado fogo.

Admitiu que ficou apavorado com a situação e que todos os seus amigos estavam no dormitório nesta noite. A tragédia repercutiu nas redes sociais e milhares de pessoas deixaram suas mensagens de apoio aos familiares das vítimas.

Publicidade

Washington Luiz, pai de um dos atletas que conseguiu sair com vida do CT, falou sobre o estado do filho e revelou que o jovem não era capaz de falar direito, estava totalmente assustado e chorava muito.

Samuel Barbosa, atleta do Flamengo e filho de Luiz, teria corrido assim que viu as chamas e avisou um amigo que também saiu com vida, porém, este ficou ferido e foi para um hospital.

Solidariedade na web

Pessoas do país inteiro estão sendo solidárias com as vítimas desse trágico acidente. O jogador Felipe Cardoso tem recebido muitas mensagens em seu Twitter oficial.

Um internauta escreveu: "Que sua carreira seja abençoada! O nosso destino está na mão de Deus.

Hoje, nós botafoguenses, tricolores, vascaínos e todo Brasil nos unimos em solidariedade ao Flamengo!"

Alojamento não tem licença

Segundo informações publicadas no UOL, o alojamento em que os jovens dormiam não tinha licença para funcionamento. A prefeitura afirma que no projeto a área estava descrita como um estacionamento.

Publicidade