Um caso de violência contra uma criança comoveu policiais civis de Manaus na noite desta terça-feira (5). Uma Mulher de 24 anos de idade foi presa pelos agentes no bairro Novo Israel, na zona norte da cidade, suspeita de queimar as duas mãos de seu filho de 9 anos de idade com um ferro de passar roupas. O motivo para tal castigo: o menino teria mexido em algumas moedas que pertenciam a uma tia da criança.

A mãe, que não teve o nome revelado pelos agentes, foi detida e levada para a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente da região, mas como não houve flagrante da suposta agressão sofrida pela criança, a mulher foi liberada da delegacia, mas responderá por tortura.

De acordo com os policiais civis que registraram a ocorrência na delegacia, a mulher relatou em depoimento que seu filho mais velho teria mexido em uma moeda que pertencia a tia, e como castigo ela esquentou o ferro de passar roupa e colocou nas mãos da criança para que ele não fizesse mais isso.

Já o menino, também em declaração aos policiais, mencionou que antes de ter as mãos queimadas pelo ferro por sua mãe, ele também teria sido agredido diversas vezes por ela.

Menino ficará em abrigo, longe da mãe

De acordo com a Polícia, o menino foi encaminhado para fazer exames médicos e depois seguirá para um abrigo da região onde seguirá longe da mãe.

A delegada titular responsável pelo caso, Joyce Coelho, disse que o menino agredido foi imediatamente afastado do convívio da mãe e encaminhado para realizar exames médicos e passará por um acompanhamento psicológico.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Curiosidades

Ainda de acordo com a delegada, a mãe da criança será indiciada por tortura de menor, e a Polícia Civil também irá instaurar um inquérito para apurar todos os fatos ocorridos.

Segundo os agentes civis, casos como este são acompanhados com profunda seriedade para que a criança envolvida não tenha nenhum tipo de trauma no futuro e que haja uma punição digna para o agressor. Os agentes mencionam que a polícia está trabalhando muito duro para conter este tipo de violência.

Por conta das agressões sofridas pela própria mãe, as mãos do menino ficaram com muitas bolhas em consequência das diversas queimaduras. Além do menino agredido, a mulher também possui um outro filho mais novo, de 6 anos de idade. Ainda de acordo com a delegada, o outro filho da vítima também será ouvido pelos agentes policiais. O menino vitimado foi acolhido pelos agentes e encaminhado para um abrigo de menores, o outro filho continua junto da mãe.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo