Um post do Twitter gerou uma grande polêmica nessa última terça-feira (5). Não é um post qualquer, e sim um post do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que tinha um vídeo pornográfico. Segundo as regras do próprio Twitter, esse tipo de conteúdo não pode ser veiculado na rede social. Porém, o post gerou muitas críticas não só dos opositores de Bolsonaro, mas também de alguns aliados do presidente.

No vídeo, um homem aparece mexendo no ânus e depois se ajoelha para que outro urine em sua cabeça. Segundo as informações do site G1, o vídeo foi gravado na última segunda-feira (4) em um dos blocos que desfilaram no Carnaval da capital paulista.

Na postagem, Bolsonaro diz que tem muito constrangimento em mostrar o vídeo, mas que se sente na necessidade de mostrar a verdade. Disse ele que o Carnaval tinha se transformado naquilo que a performance mostrava. E pediu para que os seguidores fizessem suas próprias avaliações.

Em um primeiro momento, o vídeo se iniciava automaticamente, mas, algumas horas depois, colocaram restrição de idade no vídeo. Assim, a imagem não é exibida e poderá só ser acessada se o usuário assim desejar. No lugar do vídeo, a rede social exibe um alerta.

O que diz o Twitter?

Segundo a matéria do G1, a empresa Twitter foi procurada para saber se essa postagem foi restringida pelo próprio Bolsonaro ou pela rede social. A empresa esclarece que não faz comentário sobre postagens especificas, porém, informa que as regras sobre o conteúdo são bem claras quanto as violações de conteúdo e quais são as medidas cabíveis.

Uma das regras do Twitter proíbe conteúdos adultos (pornográficos) em suas postagens em vídeo e em imagens de capa da rede social ou até mesmo imagem do perfil.

Nos outros casos, como postar vídeos gravados ou até foto, essas mídias devem ter a marcação como imagem sensível.

A postagem que não tem esse tipo de marcação e for exibida automaticamente, poderá ser denunciada por outro usuário. O vídeo ou a foto passarão a ser avaliados pela empresa, e se o Twitter considerar ela inapropriada, o dono da postagem será notificado exigindo a retirada da imagem ou o vídeo.

Mas pode acontecer que o perfil seja removido.

Esses conteúdos adultos também podem ser excluídos, segundo as regras, se as pessoas que aparecem no vídeo não autorizaram a gravação do mesmo. Ainda segundo as regras da rede social, o conteúdo também será excluído se for julgado como uma imagem que causa excitação sexual. Isso inclui closes das partes genitais, como seios, nádegas e simulações sexuais.

Não perca a nossa página no Facebook!