Morreu na noite desta última terça-feira (5), por volta das 19h, um menino de apenas três anos que teve 90% do corpo queimado. Ele havia sido deixado em casa sozinho pelos pais. A criança morreu no Hospital Municipal Pedro 2°, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro, onde estava internado.

O menino Bernardo, que tem mais dois irmãos, havia sido deixado em casa dormindo enquanto seus pais foram para o Carnaval.

A suspeita é que o incêndio começou devido a um curto circuito na casa onde a família mora, em Santa Cruz. O garoto estava sozinho quando o incêndio começou.

Os vizinhos da casa que notaram quando o fogo começou, no entanto, a porta da residência estava trancada. Eles então arrombaram a mesma e socorrem o menino, que já estava gravemente ferido, e o levaram às presas ao hospita.

Os pais de Bernardo, Juan Ragne Basílio, de 32 anos de idade, e Juliana Basílio Bezerra, de 25 anos, assim que foram avisados sobre o incidente, foram para a unidade de saúde aonde estava o menino, mas os dois foram presos no mesmo local, por abandono de incapaz. Eles se encontram presos na 35ª DP de Campo Grande.

Outros casos de jovens que morreram queimados

Não é a primeira vez que um incêndio choca o povo brasileiro no ano de 2019. Na madrugada do último dia 8 de fevereiro, um incêndio atingiu o Ninho do Urubu, onde funciona o CT do Flamengo. O Corpo de Bombeiros foi acionado ainda durante a madrugada. Dez jogadores que estavam no local, de 26 ao todo, morreram, 3 ficaram feridos, um deles em estado grave, pois enquanto o incêndio acontecia, ele correu para tentar acordar os jogadores que ainda estavam dormindo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

O CT é localizado em Vargem Grande, zona oeste do Rio de Janeiro.

Entre os jogadores que morreram durante o acidente estavam: Vitor Isaias, de 15 anos de idade; Bernardo Pisetta, de 15 anos de idade; Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, com apenas 14 anos de idade.

Na ocasião, o Brasil inteiro se comoveu com o ocorrido. Inclusive uma hashtag ForçaFlamengo foi muito utilizada por internautas para se solidarizarem com os familiares das vítimas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo