Segundo informações do site Metrópoles, Guilherme Taucci Monteiro (17) e Luiz Henrique de Castro (25), autores do massacre na última quarta-feira (13) que vitimou um total de 10 pessoas em Suzano (SP), extraiam dicas de páginas virtuais criada pelo hacker Marcelo Valle Silveira de Mello, que foi preso em 2012 pela PF. Ele foi acusado de planejar um atentado a estudantes da Universidade de Brasília (UnB).

As investigações apontam que os jovens que realizaram o massacre na Escola Estadual Professor Raul Brasil participavam de um fórum extremista idealizado pelo hacker há cerca de dez anos.

Em 2018, Marcelo Valle foi condenado a 41 anos, seis meses e 20 dias de prisão, por racismo, ameaça, incitação ao crime e também por terrorismo na internet.

Seis dias antes do massacre na escola, Guilherme e Luiz Henrique teriam feito uma publicação no fórum sobre o ataque. Os jovens teriam agradecido a ajuda de outros usuários e deixado vestígios para avisar os internautas sobre o crime.

Como aconteceu

Na manhã na última quarta-feira (13), dois jovens invadiram uma escola em Suzano, na Grande São Paulo. A escola estadual Professor Raul Brasil é uma das mais antigas do município e tem aula do ensino fundamental ao ensino médio, além de ensino de línguas. Por volta da 9h30, havia grande concentração de jovens no pátio quando um dos jovens entra normalmente e saca a arma atirando a queima roupa nos jovens que estavam na frente do refeitório.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro WhatsApp

Os jovens eram antigos alunos da escola. Segundo informações do G1, não há qualquer indicio que tenha motivado a invasão a escola. O que se sabe, é que alugaram o carro que foi usado para chegar até o local do crime no dia 21 de fevereiro. Os dois eram frequentadores de uma lan house em Suzano.

Foram 23 feridos e 10 mortos, incluindo os dois autores do massacre. Quando a polícia entrou, encontrou um revólver calibre 38, 4 jet luders (que são plásticos para recarregar as armas), uma arma medieval conhecida como besta, um arco e flecha e muitas garrafas que, aparentemente, eram de coquetéis molotov.

Além disso tudo, um dos membros do ataque estava com uma machadinha na cintura.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo