Desde a última segunda-feira (22), o músico Arthur Oliveira está desaparecido. Na ocasião, Arthur saiu de casa em companhia do seu irmão, Anderson Martins, e de mais dois amigos, Alexandre da Conceição e Paulo Vinícius. Os quatro pretendiam ir pescar na região de Mangaratiba, durante o feriado de São Jorge. Entretanto, nenhum dos jovens retornou as suas casas desde então.

De acordo com informações fornecidas pelos familiares dos jovens ao jornal Extra, Anderson, que estava em coma induzido e em estado grave no Hospital de Mangaratiba, veio a falecer na noite de quinta-feira (25).

Arthur e Anderson moravam em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense, Rio de Janeiro. Quando se dirigiram ao seu passeio, os jovens ocupavam carros diferentes dos seus amigos. Conforme informações fornecidas por Fernando Oliveira, tio dos rapazes, após as buscas pelos dois se iniciarem, Anderson foi encontrado ainda vivo, mas com claros sinais de que havia sido espancado e com um tiro no joelho. Na entrada do hospital, o jovem relatou que a única coisa que conseguiu ver foi os criminosos que o balearam chegarem abrindo fogo contra ele e seu irmão.

Fernando também contou que os quatro jovens [VIDEO]eram bastante trabalhadores. O mais novo deles era ajudante da banda de Arthur. Alguns deles tinham outros empregos ainda, como de embalador em um sacolão. Inconformado, Fernando apontou que os jovens saíram para se divertir durante o feriado e acabaram não retornando em segurança para as suas casas.

Carro encontrado em Itaguaí

Ainda de acordo com o jornal Extra, a família de Arthur e Anderson afirmou que o veículo em que os irmãos estavam foi encontrado nas proximidades de Itaguaí.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia Viagem

A chave do carro ainda estava na ignição e todos os pertences dos jovens ainda estavam dentro do veículo. O carro que levava Alexandre e Paulo, por sua vez, uma Ecosport prata, ainda não foi recuperado.

Alexandre, que era vizinho de Anderson, e Paulo, que conhecia os irmãos por tocar com eles na banda Rio 40 Graus, foram encontrados mortos na quarta-feira (24). Ambos possuíam marcadas de tiros. Os corpos dos rapazes estavam na Ilha Duas Irmãs, no distrito de Muriqui. De acordo com a Polícia Civil, os fatos cercando a morte dos rapazes estão sendo investigados pela 165ª DP (de Mangaratiba).

Fernando Oliveira, tio de Arthur e Anderson, disse que os rapazes estavam acostumados a pescar na região de Mangaratiba, a qual conheciam bastante. O homem ressaltou que a família não tem ideia do que pode ter acontecido com os rapazes nesse trajeto, mas que todos passam por um momento muito difícil, uma vez que os quatro rapazes eram boas pessoas e bastante próximos. As investigações seguem em andamento.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo