DJ Rennan da Penha está sendo considerado foragido pela Polícia Civil e pode ser preso a qualquer instante. Na última sexta-feira (29) foi expedido pela Justiça um mandato de prisão contra o Rennan da Silva Santos, de 25 anos, criador do Baile da Gaiola, realizado na Vila Cruzeiro, na zona norte do Rio de Janeiro.

Anteriormente Rennan foi inocentado em primeira instância das acusações de associação com tráfico de drogas, mas foi condenado em segunda instância, após recursos. O registro de emissão do mandato contra o DJ consta na página do TJ-RJ.

Ele deverá cumprir cerca de 6 anos e 8 meses de prisão. A determinação gerou uma grande agitação nas redes sociais, onde as pessoas questionavam a decisão de prender o DJ.

Referência no funk da nova geração

O DJ é considerado uma referência no funk da nova geração. Além do Baile da Gaiola, idealizado por ele, que já chegou a ter um público de cerca de 25 mil pessoas, o músico também já fez parcerias com grandes nomes conhecidos da música como, por exemplo, Nego do Borel e Ludmilla. O DJ inclusive foi um dos convidados para participar do Bloco da Lud durante o Carnaval deste ano.

Segundo informações dadas pela decisão judicial, a polícia chegou até o DJ através de uma testemunha. O motivo para que a condenação de Rennan fosse concluída foi uma troca de mensagens e uma confirmação da testemunha que afirma a existência de vendas de entorpecentes durante os bailes na comunidade.

Foram divulgadas imagens que fazem parte de uma investigação a respeito do baile funk que garantiu a fama de DJ Rennan da Penha, o Baile da Gaiola. Ele está sendo condenado por associação com o tráfico de drogas.

O vídeo que foi gravado em 2018 mostra a festa que é realizada no Complexo da Penha e faz parte de um conjunto de favelas da cidade do Rio de Janeiro.

Ao longo do vídeo é possível ver bandidos armados com fuzis durante a festa. Alguns dos presentes estariam fazendo o uso de coletes à prova de balas.

Também presente na favela no momento, em um carro de luxo, está Pedro Paulo Guedes, conhecido como Pedro Bala, que é um dos chefes do tráfico do local. Nas imagens o traficante é visto com uma pistola em sua cintura.

No decorrer da ação, um outro criminoso desce do carro também em posse de um fuzil. Todo o desenrolar do vídeo acontece há poucos metros de onde estaria acontecendo o Baile da Gaiola. As gravações mostram o momento exato em que DJ Rennan aparece e beija a mão de um dos traficantes que foi identificado como Eduardo de Freitas, vulgo Dudu de Antares.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Curiosidades
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!