No último domingo (7), uma menina de 11 anos foi morta pelo próprio pai a tiros. A criança foi atingida ao tentar defender a mãe das agressões do pai. O caso ocorreu no povoado de São José de Itaporan, localizado na cidade de Muritiba, na Bahia. A Polícia Civil informou que além da morte da Michele Magalhães Rodrigues, atingida pelos disparos do pai, principal suspeito da ação, o irmão também estava no momento. A criança de 5 anos de idade também foi atingida e ficou ferida.

Publicidade
Publicidade

O pai da criança é o principal suspeito

O pai das crianças foi identificado como Lucival de Oliveira Rodrigues. O homem é conhecido na região como “Buti da Rifa”, e é suspeito de ter cometido o crime, mas se encontra foragido da polícia. As informações obtidas com a polícia revelam que Michele foi atingida pelos disparos do pai ao tentar defender sua mãe, que estaria sendo agredida por ele.

Suspeito atirou nas costas e cabeça da criança

O primeiro tiro disparado pelo pai foi nas costas da criança, seguido de outro tiro na cabeça.

Menina de 11 anos é morta a tiros pelo pai. (Arquivo Blasting News)
Menina de 11 anos é morta a tiros pelo pai. (Arquivo Blasting News)

A identidade da mãe não foi revelada. A mulher estava sendo agredida com socos pelo marido quando a criança tentou defendê-la e foi atingida. O casal estava junto há cerca de 12 anos.

A motivação das agressões realizadas por Lucival Rodrigues, segundo informações da Polícia Civil, foi ciúmes da mulher. As crianças estavam no mesmo imóvel que estavam ocorrendo as agressões, e foram em direção à mãe para lhe socorrer, quando o homem disparou a arma.

Publicidade

A menina veio a falecer ainda no local.

O menino foi socorrido e encaminhado para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus e segue internado no centro médico para os devidos cuidados. A mãe, no entanto, não foi atingida por nenhum dos disparos realizados pelo marido. O corpo da menina Michele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Santo Antônio de Jesus.

Após as agressões que resultaram na morte de Michele, o caso foi registado pela delegacia de Cruz de Almas por meio de um boletim de ocorrência durante um plantão no final de semana.

A Polícia Civil irá investigar o assassinato da menina e o caso das agressões feitas à mãe. A mulher ainda deverá prestar depoimento em breve.

Leia tudo e assista ao vídeo