Em 17 de agosto de 2017, a então estudante Alana Gabriele de Oliveira, que prefere ser chamada apenas por seu segundo nome, surpreendeu o político Jair Messias Bolsonaro com uma ovada, enquanto o mesmo se encontrava no município de Ribeirão Preto, localizado no interior de São Paulo.

Multada em R$ 499 por conta de sua atitude, a jovem, que na ocasião chegou a ser detida por agentes da Polícia Militar, conseguiu superar sua expectativa de arrecadação por meio de uma vaquinha online, somando mais de três vezes o valor de sua multa.

Vaquinha online é criada para pagar multa

O ato de manifestação contra Jair Bolsonaro protagonizado por Alana Gabriele fez com que ela fosse indiciada pelo crime de injúria, mas a mesma conseguiu fazer um acordo com o Ministério Público para evitar ser responsabilizada criminalmente, além de pagar a multa.

Caso Gabriele não conseguisse o acordo com o Ministério Público, a mesma poderia passar até seis meses detida. Com o acordo firmado, a jovem precisará pagar uma multa no valor de R$ 499, de acordo com a decisão tomada pelo MP no último dia 14.

Com o objetivo de levantar o valor da multa por meio de ajuda de outras pessoas, Gabriele resolveu fazer uma vaquinha online. A vaquinha foi criada em um site de arrecadação e foi lançada no último dia 22. Após três dias no ar, a vaquinha foi encerrada, arrecadando R$ 1.985, com a ajuda de 65 contribuintes.

Muito surpresa e visivelmente feliz com o montante arrecadado, que é suficiente para arcar com o pagamento de sua multa, Gabriele disse que o dinheiro também servirá para pagar a multa do colega que a acompanhava no momento da ovada em Jair Bolsonaro.

Parte do dinheiro arrecadado em vaquinha será doado

Com os descontos --13% do valor total arrecadado é pago ao site que organizou a vaquinha-- a quantia que chegará às mãos de Gabriele será de R$ 1.726. Como seu colega já tinha parte do valor para pagar a multa, somando os valores das multas dos dois, Gabriele precisará desembolsar apenas R$ 856. Sendo assim, parte do valor arrecadado na vaquinha vai sobrar em sua conta bancária.

A respeito do dinheiro que não será utilizado no pagamento das multas ela fez questão de afirmar que ele será usado para doação a alguma instituição de caridade. A instituição que será beneficiada com a doação em dinheiro ainda não foi escolhida pela dona da vaquinha, que ressaltou estar aceitando sugestões para o destino do dinheiro conquistado graças às contribuições dos internautas.

Atualmente, Gabriele cursa o primeiro ano de Pedagogia na USP (Universidade de São Paulo) em Ribeirão Preto e é afiliada ao PT (Partido dos Trabalhadores).

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Eleições
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!