O designer de interiores Ananias de Oliveira Coelho, de 58 anos, acabou sofrendo, com sua família, uma tentativa de assalto na cidade de São Gonçalo (RJ). Eles haviam feito um passeio no Rio e estavam retornando para a cidade de Santo Antônio de Pádua, onde residem. No entanto, um começo de arrastão causou pânico e o carro deles foi interceptado por outro veículo que pertence aos bandidos. O fato aconteceu na noite desta quarta-feira (24).

Sua esposa disse não imaginar como será a reação do marido ao saber que ele perdeu a visão, já que ele sempre foi uma pessoa de bem com a vida.

A mulher de Ananias relatou em uma entrevista ao telejornal "Bom Dia Rio", da TV Globo, que até agora ainda está em choque com o que aconteceu. Segundo ela, jamais se passa na cabeça da gente de viver momentos tão agoniantes como esse.

No carro estava, além de Ananias, sua esposa, filha e neto.

De acordo com a mulher do designer, ainda existe em sua mente o barulho dos vidros do carro quebrando com os tiros dados pelos bandidos.

Ela também está um pouco aflita em relação ao modo como o marido vai aceitar ao saber que perdeu a visão de um olho. "Imagina agora como ele vai reagir", disse. Ela reiterou que Ananias sempre foi uma pessoa boa e maravilhosa e que pode ficar muito triste ao saber sobre a perda da visão.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Como tudo aconteceu

Conforme as informações, um VW Gol vermelho parou na pista e começou a dar marcha à ré em direção ao carro de Ananias, um Toyota Hylux. Nesse momento aconteceu uma batida. Homens armados desceram e anunciaram o assalto. O designer se desesperou e reagiu acelerando para escapar. Os criminosos sem piedade atiraram várias vezes contra o carro.

De acordo com informações, Ananias foi atingido na cabeça.

A mulher dele conseguiu pedir ajuda para uma equipe da Polícia Rodoviária Federal.

O designer foi levado para o Hospital Estadual Alberto Torresem, em Niterói. Ele passou por duas cirurgias e não tem previsão de alta. Ananias perdeu um dos olhos e ficou com o rosto todo machucado. Embora tivesse passado por esse grande apuro e acometido a duas horas de cirurgias, Ananias está lúcido e com o quadro estável, segundo informou a Secretaria Estadual de Saúde.

A Polícia Civil abriu um inquérito na 73ª DP (Neves) para investigar o caso e tentar prender os criminosos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo