Durante uma celebração que ocorria neste domingo (14), na cidade de Cachoeira Paulista (SP), padre Marcelo Rossi foi agredido por uma mulher enquanto realizava a cerimônia em um palco da Canção Nova.

A mulher, que não teve sua identidade divulgada, conseguiu driblar a segurança do local e chegou até o padre no momento em que ele estava celebrando a missa. Então, ela empurra o padre de cima da estrutura.

O padre estava no local para celebrar uma missa para a Canção Nova em Cachoeira Paulista, quando acabou sendo atacado de forma violenta pela mulher.

Um vídeo que vem circulando na internet mostra o momento da agressão.

As informações são de que mesmo com a queda o padre não se feriu. Logo após cometer o ato, a mulher foi contida por Policiais Militares no local. A motivação para cometer a violência contra o padre, no entanto, ainda não foi divulgada.

A missa fazia parte da celebração para finalizar um acampamento organizado pela Canção Nova, chamado "Por Hoje Não" (PHN).

O momento em que ocorreu a agressão ocorreu foi por volta das 14h50 deste domingo. Foi informado que a mulher também estava participando do evento em que o padre celebrava a missa para a sua finalização. Ela conseguiu acesso ao padre após furar a segurança. Não há informações, no entanto, de que forma a mulher conseguiu driblar a segurança e chegar até o religioso.

Vídeo mostra momento do atentado

No vídeo que vem sendo divulgado do momento do empurrão, em seguida são mostrados os fiéis que estavam no local assistindo a missa do padre. Muitos se mostram desesperados com o acontecimento e até mesmo seguem gritando. É possível ver que o susto foi tão grande para todos que estavam no local que alguns fiéis se mostram imóveis e chocados, outros demonstraram seu desespero chorando sem saber o que aconteceu com o padre.

A cerimônia que estava sendo comandada por padre Marcelo Rossi tinha cerca de 50 mil pessoas assistindo no local. Foi repassado que, mesmo após a queda, o padre acabou voltando para o palco e continuou celebrando a missa normalmente. As informações são de que a queda não causou ferimentos graves.

Logo após o episódio, a mulher foi levada pelos policiais para a delegacia de Lorena.

No local, será registrado uma queixa pela agressão contra o padre. No entanto, a queda deverá ser registrada em nome da Canção Nova, já que o religioso disse que não registraria nenhuma queixa contra a mulher.

A respeito da mulher que cometeu o ato, a Polícia tem apenas informações de que ela veio junto a um grupo do Rio de Janeiro, e este mesmo grupo relatou que a mulher sofre de transtornos mentais.

No Twitter, o assunto foi um dos mais comentados após um usuário notificar o fato.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Curiosidades
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!