Um homem foi preso na última sexta-feira (5) suspeito de tentar assassinar a própria filha, uma criança de 1 ano e 7 meses. A tentativa de estrangulamento foi feita por meio de uma abraçadeira, também conhecida como "enforca gato", na cidade de União do Norte, distrito de Peixoto de Azevedo, localizada a cerca de 692 km de Cuiabá, em Mato Grosso.

Quando a tentativa de assassinato aconteceu, segundo a Polícia, ele estava sozinho em casa com a criança e tentou assassiná-la com a abraçadeira.

Quem encontrou a criança ferida foi o chefe do suspeito, que recebeu uma mensagem da irmã do pai da criança.

Ao chegar ao local, o patrão do suspeito encontrou a criança sufocada e o pai desmaiado. Na ocasião, o homem tinha uma faca em suas mãos. O suspeito teria tentado se matar após enforcar a filha.

Pai e filha foram encaminhados ao posto de saúde do distrito. Após se recuperar, o suspeito foi encaminhado pela Polícia Militar à delegacia de Peixoto de Azevedo para prestar os devidos esclarecimentos.

A mãe da criança também foi encaminhada à delegacia sob suspeita de abandono da filha.

A criança, por sua vez, tão logo recebeu os primeiros socorros no posto de saúde de União do Norte foi encaminhada para o Hospital Regional de Peixoto de Azevedo. Na ocasião, o estado da menina era considerado grave pelas autoridades médicas. Maiores informações a respeito do seu estado de saúde, entretanto, não foram divulgadas até o presente momento.

A Polícia Civil irá investigar o caso. O Conselho Tutelar foi acionado para tomar as devidas providências com relação à criança.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Ocorrência similar

O crime em questão possui algumas semelhanças com o caso ocorrido em Belo Jardim, em Pernambuco. Um agricultor de 27 anos é suspeito de ter estrangulado a filha, uma criança recém-nascida. A menina foi encaminhada ao hospital e, de acordo com a equipe médica, possuía vários hematomas. Os pais, entretanto, não contaram o que havia acontecido de verdade. A criança já chegou sem vida na unidade hospitalar.

Posteriormente, a mãe da criança contou que havia sido agredida pelo marido e, após lhe agredir, ele matou a criança. Na ocasião, ele foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo