Após um crime bárbaro ocorrido no último dia 2 na cidade de Sorriso (MT), em que um homem teria matado a própria tia e arrancado seu coração e entregue a família, um novo episódio de terror deixou os moradores da região apavorados.

Nesta última quinta-feira (18), uma menina de apenas 8 anos morreu após ter sido estrangulada e abusada sexualmente. Segundo a Polícia, um vizinho é suspeito de ter invadido a casa a noite e cometido o crime.

A violência foi tanta que o autor do crime chegou a quebrar o pescoço da vítima, que ainda foi socorrida e encaminhada a um hospital, mas não resistiu e acabou morrendo na unidade de saúde da região.

De acordo com informações, a garota foi encontrada por membros de sua família inconsciente no interior da residência. Após ser rapidamente socorrida pela mãe, por achar que ela teria tido algum tipo de convulsão, foi levada ao hospital e chegou a ser reanimada pelos médicos por pelo menos 1 hora, mas acabou vindo a óbito.

Conforme os profissionais de saúde, a criança teria chegado a unidade hospitalar com sangue nos lábios, possíveis restos de alimentos nas vias aéreas e rigidez nas articulações, que foram percebidas após eles tentarem entubar a menina.

Até o momento, ninguém sabia que a criança teria sido abusada até ocorrer o exame de necropsia para determinar a possível causa da morte.

Momentos depois do resultado do exame cadavérico da menina, a família tomou um susto após o legista ter encontrado sinais de abuso sexual no corpo da vítima e assinalar que ela tinha sido morta violentamente, já que seu pescoço teria sido quebrado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Relacionamento

Com o resultado da perícia, a polícia foi rapidamente acionada para investigar o caso e começou a tomar o depoimento de familiares e vizinhos nas redondezas da residência.

Um dos vizinhos é suspeito de cometer o crime

Um dos vizinhos da família, após ser questionado pelos policiais, acabou entrando em contradição e confessou a autoria do crime. Aos agentes ele disse que teria passado a noite com amigos e após consumir bebidas alcoólicas e usar entorpecentes teria invadido a residência da criança, aproveitando-se de que ela estava sozinha em casa, e cometido o abuso.

O homem de 20 anos foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia para os demais esclarecimentos dos fatos e depois foi levado para uma penitenciária da região.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo