De acordo com o jornal "O Dia", em uma publicação no Facebook, um seguidor do presidente Jair Bolsonaro (PSL) fez uma postagem com uma montagem de uma foto comparando as primeiras damas Brigitte Macron e Michelle. No post, o seguidor dizia: "Agora entende por que Macron persegue Bolsonaro?". O que surpreendeu (ou não) foi a resposta do perfil do presidente ironizando a situação. "Não Humilha, cara" seguido de risadas foi o comentário que se juntou a coleção de polêmicas do atual presidente do Brasil.

Esse comentário não foi o único no post da página do Bolsonaro. Alguns comentários ofendendo a idade, características físicas e até mesmo objetificando a primeira dama francesa foram lançados nos comentários da publicação, como em outras redes sociais.

Os comentários causaram revolta, assim como a ironia do presidente, que ao invés de se opor ao comentário deu motivos para ser chamado de machista pela oposição. Alguns internautas, opositores de Bolsonaro, dispararam comentários de revolta contra o posicionamento.

Pessoas influentes e alguns famosos também se pronunciaram, como o empresário Felipe Neto. " Esperei confirmação pra saber se era real o print. E é. O Bolsonaro DEBOCHOU DA BELEZA DA ESPOSA DO MACRON COMPARANDO COM A SUA. Vocês conseguem entender o nível disso? Imaginem o Presidente de qualquer país sério fazendo algo assim. Sério, tenta imaginar. Que n***, q patético" disparou Felipe Neto em sua conta no Twitter.

Michelle Bolsonaro tem 37 anos, quase metade da idade do Bolsonaro.

Brigitte é mais velha que Macron, sendo professora do marido no passado. Assim como é algo estranho um chefe de estado ter essa atitude na internet, pra alguns internautas também é curioso ver que Bolsonaro não teve bom senso ao ironizar o comentário de seu seguidor, fazendo com que o presidente mantenha sua fama de machista.

De acordo com o jornal "O Dia", logo após essa polêmica, a hashtag #calaabocabolsonaro virou destaque no Twitter.

Siga as suas paixões.
Fique atualizado.

"Brasil, 24 de agosto de 2019: O presidente do país, Jair Bolsonaro, ofende a esposa de um presidente de outra nação. Não há precedente de tamanha ignorância na história brasileira. Bolsonaro é um dos maiores retrocessos civilizatórios já visto." disparou o Senador Humberto Costa.

"A esposa do ministro da justiça fez uma postagem tentando menosprezar as mulheres que lutam por direitos iguais.

Bolsonaro tenta menosprezar a esposa do presidente Mácron por sua aparência. A mulher é sempre a vítima, seja de homens ou de outras mulheres", disparou a jornalista Patricia Lélis, no Facebook.

Não perca a nossa página no Facebook!