De acordo com o jornal "O Dia", em uma publicação no Facebook, um seguidor do presidente Jair Bolsonaro (PSL) fez uma postagem com uma montagem de uma foto comparando as primeiras damas Brigitte Macron e Michelle. No post, o seguidor dizia: "Agora entende por que Macron persegue Bolsonaro?". O que surpreendeu (ou não) foi a resposta do perfil do presidente ironizando a situação. "Não Humilha, cara" seguido de risadas foi o comentário que se juntou a coleção de polêmicas do atual presidente do Brasil.

Esse comentário não foi o único no post da página do Bolsonaro. Alguns comentários ofendendo a idade, características físicas e até mesmo objetificando a primeira dama francesa foram lançados nos comentários da publicação, como em outras redes sociais.

Os comentários causaram revolta, assim como a ironia do presidente, que ao invés de se opor ao comentário deu motivos para ser chamado de machista pela oposição.

Alguns internautas, opositores de Bolsonaro, dispararam comentários de revolta contra o posicionamento. Pessoas influentes e alguns famosos também se pronunciaram, como o empresário Felipe Neto. " Esperei confirmação pra saber se era real o print. E é. O Bolsonaro DEBOCHOU DA BELEZA DA ESPOSA DO MACRON COMPARANDO COM A SUA. Vocês conseguem entender o nível disso? Imaginem o Presidente de qualquer país sério fazendo algo assim.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro

Sério, tenta imaginar. Que n***, q patético" disparou Felipe Neto em sua conta no Twitter.

Michelle Bolsonaro tem 37 anos, quase metade da idade do Bolsonaro.

Brigitte é mais velha que Macron, sendo professora do marido no passado. Assim como é algo estranho um chefe de estado ter essa atitude na internet, pra alguns internautas também é curioso ver que Bolsonaro não teve bom senso ao ironizar o comentário de seu seguidor, fazendo com que o presidente mantenha sua fama de machista.

De acordo com o jornal "O Dia", logo após essa polêmica, a hashtag #calaabocabolsonaro virou destaque no Twitter.

"Brasil, 24 de agosto de 2019: O presidente do país, Jair Bolsonaro, ofende a esposa de um presidente de outra nação. Não há precedente de tamanha ignorância na história brasileira. Bolsonaro é um dos maiores retrocessos civilizatórios já visto." disparou o Senador Humberto Costa.

"A esposa do ministro da justiça fez uma postagem tentando menosprezar as mulheres que lutam por direitos iguais.

Bolsonaro tenta menosprezar a esposa do presidente Mácron por sua aparência. A mulher é sempre a vítima, seja de homens ou de outras mulheres", disparou a jornalista Patricia Lélis, no Facebook.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo