Um morador de Mirante de Paranapanema, cidade localizada no estado de São Paulo, tentou um inusitado pacto e acabou sendo vítima de um golpe. O homem em questão, de 31 anos de idade, perdeu cerca de R$ 7 mil após tentar fazer um “pacto com Lúcifer”. O pacto, segundo ele, seria intermediado por uma espécie de sacerdote, do qual o homem tomou conhecimento por meio de alguns vídeos publicados na web.

De acordo com a Polícia Civil, o caso foi registrado na delegacia durante a última terça-feira (27) e será investigado como estelionato. No boletim de ocorrência a vítima ainda relatou que o “sacerdote” em questão também afirmava ser “pai de santo” e “mestre”.

A motivação para acreditar na palavra do falso sacerdote estava atrelada a alguns problemas sofridos recentemente pela vítima. Assim, o homem fez contato com o “mestre” para que ele lhe desse algumas informações acerca de seus serviços. Prontamente, o golpista ofereceu à vítima a possibilidade de firmar um “pacto com Lúcifer”.

O falso sacerdote ainda destacou que para a realização do pacto, inicialmente, o homem precisaria investir o valor de R$ 5 mil. A partir desse investimento, ele conseguiria um retorno no mês seguinte, que dobraria o investimento inicial.

Uma vez que a proposta parecia interessante, a vítima acabou aceitando. Devido a isso, o homem depositou uma quantia de R$ 1.350,00 para o “sacerdote espiritual”. Ainda de acordo com o boletim de ocorrência do caso, o golpista tem 25 anos de idade e garantiu à vítima que os valores retornados a ela sempre seriam superiores ao seu investimento.

Depósitos contínuos

Assim, o homem foi convencido a continuar. Ele, que trabalha como servente, fez depósitos mensais para o estelionatário e seguiu acreditando que, em breve, os seus lucros seriam entregues a ele.

A situação teve continuidade até que os depósitos somaram o montante de R$ 7.350,00. A respeito da situação, a vítima relatou às autoridades que o retorno de seu investimento aconteceria até o mês de abril de 2019.

Esse retorno, por sua vez, seria mais ou menos de R$ 160 mil.

Porém, até o momento, o morador de Mirante não obteve os seus lucros. Além disso, o falso sacerdote não devolveu a quantia depositada inicialmente pela vítima.

No presente momento, o crime está sendo investigado pela Polícia Civil.

Os vídeos do tal “mestre” contam com uma descrição bastante sugestiva.

No texto, ele dá as boas-vindas às pessoas que chegaram até o “único e verdadeiro caminho", o de Lúcifer. Além disso, ele aponta que por meio desse “caminho” é possível conseguir realizar todos os seus desejos.

A descrição dos vídeos prossegue com o “sacerdote” afirmando que ele nunca será capaz de enganar alguém, visto que ele acredita que todas as pessoas tendem a sofrer bastante até conseguir chegar a ele.

Ainda nesse texto de apresentação, o golpista destaca quais valores são necessários para conseguir fazer o tal “pacto com Lúcifer”, bem como as quantias necessárias para tal. Ele ainda destaca que somente dará início ao “pacto” depois de receber todas as informações necessárias, juntamente com o comprovante de que o dinheiro foi realmente depositado.

Siga a página Opinião
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!