No primeiro quadrimestre deste ano, o Brasil registrou uma acentuada queda no número de homicídios dolosos, que é quando alguém pratica o crime intencionalmente ou assume o risco consciente de matar. Outros tipos de crimes também tiveram redução de seus números.

De acordo com os dados divulgados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, entre janeiro e abril de 2019 ocorreram 13.142 mortes dessa natureza, contra 16.670 registrados no mesmo período do ano passado, o que representa uma queda de 21,2%.

O latrocínio, que é o roubo seguido de morte, passou de 689 casos para 525, apresentando redução de 23,8%. Já a lesão corporal seguida da morte apresentou ligeiro recuo de 5,3%, tendo sido registradas 286 ocorrências contra 305 do mesmo período do ano passado.

No primeiro quadrimestre de 2019 foram registradas 11.626 tentativas de homicídios, o que representa uma redução de 8,6%, uma vez que nos quatro primeiros meses de 2018 foram registradas 12.713 tentativas.

Já os casos de abusos sexuais reduziram 13,6%. Nos quatro primeiros meses de 2018 foram 16.220 casos, contra 14.015 deste ano.

Outros tipos de crimes

Também foram divulgados dados relacionados a crimes de outras naturezas e o que mais teve queda em termos percentuais foram os roubos a instituições financeiras, que apresentou redução de 38,5%. Entre janeiro e abril do ano passado foram 325 casos, contra 200 no mesmo período deste ano.

Outro tipo de ocorrência que teve uma queda bastante significativa foi a de roubos de veículos, que caiu 27,5%. No primeiro quadrimestre do ano passado foram 88.104 veículos roubados contra 63.852 deste ano.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Jair Bolsonaro

Mapa da violência

De acordo com dados passados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), 18 das 20 cidades mais violentas do país estão nas regiões Norte e Nordeste. O estudo se baseou em números de 2017.

O estudo revelou que a cidade mais violenta do Brasil, baseada nesses critérios, é Maracatu, no Ceará, com 147,7 homicídios para 100 mil habitantes. A cidade, situada na Região Metropolitana de Fortaleza, possui 224 mil habitantes e registrou 308 homicídios em 2017.

Fortaleza, em números absolutos, foi a cidade com maior número de homicídios em 2017, com 2.145 ocorrências. Para efeito de comparação, São Paulo, que tem uma população quatro vezes maior, teve 1.011 assassinatos.

Por outro lado, a cidade considerada a mais pacífica do Brasil fica no interior de São Paulo. Em 2017, Jaú, que conta com população de 146 mil habitantes, registrou apenas quatro homicídios.

Jundiaí, Limeira, Americana, Bragança Paulista, Araraquara, Mogi das Cruzes, Sertãozinho, Catanduva e São Caetano do Sul são outras cidades paulistas ranqueadas com a menor taxa de homicídios por 100 mil habitantes.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo