Um homem preso por tráfico de drogas, que estava internado por insuficiência renal, causou grandes estragos em um hospital [VIDEO]de Joinville, em Santa Catarina, ao tentar fugir pelo teto da unidade de saúde. Durante a ação, ele caiu em cima de outro paciente e depois tentou escapar pela janela, mas acabou preso pela Polícia Militar na parte externa do hospital.

Com insuficiência renal agravada, ele voltou a ser internado no mesmo hospital e agora ficará sob escolta policial. A Polícia Civil abrirá um inquérito por dano ao patrimônio público. A paciente atingida por ele não teve lesões graves.

A prisão

O homem de 26 anos, que não teve sua identidade revelada, mas que é lutador de artes marciais, foi preso em flagrante na tarde desta segunda-feira (16), após uma equipe de investigação averiguar denúncias de tráfico de drogas nos bairros Iririú, Costa e Silva e Saguaçu. Eles fizeram monitoramento na região e descobriram que o suspeito fazia serviços de entrega de drogas.

O suspeito estava na direção de um veículo VW Voyage, onde foi encontrada uma pequena quantidade de maconha. Os policiais foram então até residência onde ele mora e lá encontraram 200 gramas de cocaína, além de uma balança.

Durante a abordagem na residência, conforme informações passadas pela Polícia Civil, o suspeito começou a passar mal e confessou aos policiais que havia engolido papelotes de cocaína.

A tentativa de fuga

O homem então foi levado pelos próprios policiais ao Hospital São José, onde ficou internado e preso com uma algema em seu leito. Na madrugada de terça-feira (17), ele retirou o soro e usou o próprio sangue como uma espécie de lubrificante para poder se livrar da algema. "Ele passou (o sangue) na mão e conseguiu tirar a mão da algema", disse o delegado Fábio Estuqui.

O delegado narra que o homem, usando suas habilidades como lutador de muay thai, deu um salto da maca e conseguiu quebrar o forro do teto, mas na tentativa de fuga acabou caindo sobre uma paciente. Ele ainda tentou fugir pulado a janela, mas alguns policiais que estavam na unidade escutaram o barulho e chamaram reforço, conseguindo assim impedir que ele fugisse.

Além de danificar o forro de um dos quartos, o homem ainda quebrou vários frascos de remédios de uso controlado.

Estuqui ainda descreveu o rapaz como ardiloso e com comportamento bem frio e disse ainda que o acusado havia saído do sistema prisional no meio do ano após ter sido preso por tráfico e voltou a praticar o crime. "Ele não se importou com os pacientes que estavam ali", disse a autoridade. "Podia causar uma lesão na paciente, graças a Deus não causou, mas poderia", seguiu o delegado.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!