O comunicador Elvis Xavier de Santana, de 37 anos, passou por momentos de grande pânico na cidade de Guarujá, no litoral de São Paulo. Segundo as informações do portal G1, familiares suspeitam que ele foi vítima de vingança por postagens feitas nas redes sociais, principalmente através do Facebook. O seu estado de saúde é gravíssimo, segundo informou o Hospital Santo Amaro, para o qual ele foi transferido.

A Polícia investiga o caso para ver se as agressões teriam alguma coisa a ver com postagens realizadas pelo comunicador.

O comunicador é famoso na internet e realiza várias denúncias que envolvem irregularidades em Guarujá e isso pode ter mexido com o ânimo de vários indivíduos envolvidos nessas postagens dele. Na segunda-feira (16), ele foi até o morro Vila Baiana no município por motivos que ainda são desconhecidos e estão sendo averiguados pela polícia.

Em seguida, acabou sendo atacado brutalmente. Elvis foi agredido e levou três tiros, sendo um em cada perna e outro na cabeça. O espancamento sofrido por muito pouco não tirou a vida dele, embora ele ainda esteja correndo perigo.

Pessoas próximas a Elvis, que preferiram não se identificar, comentaram que o comunicador fazia várias postagens nas redes sociais e isso poderia ter causado revolta em alguma dessas pessoas que o agrediram.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Segundo as informações, ele possui mais de 20 perfis e é o único administrador dessas páginas.

O primeiro passo das investigações é tentar entender o que motivou a vítima a comparecer nesse local e ser brutalmente espancado. A Polícia tenta desvendar o que o atraiu para essa emboscada. De acordo com a matéria do G1, ainda não se tem informações se o comunicador recebia ameaças e nem se existe alguma prova dos agressores.

Contudo, as investigações estão avançando.

O Hospital Santo Amaro, no qual recebeu Elvis, afirmou que o estado de saúde dele é muito grave e todos os procedimentos médicos estão sendo realizados.

Pai socorreu o filho

A agressão aconteceu no morro Vila Baiana na segunda-feira a noite. O pai dele recebeu um telefonema anônimo dizendo que Elvis havia sido morto naquele endereço. Desesperado, o pai foi ao local e encontrou o filho ainda com vida e agonizando.

Ele pediu ajuda de algumas pessoas para poder descer com seu filho do morro e poder levá-lo ao hospital.

De acordo com informações do jornal Diário do Litoral, o registro de ocorrência da polícia mostra que, inicialmente, chegou o recado de que um policial teria sido baleado no morro Vila Baiana. No entanto, após vários carros da polícia realizarem buscas na região, foi constatado que o comunicador é que foi alvo do crime e que ele já havia sido socorrido.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo