Dois homens usando uniformes de uma empresa que presta serviços de água e esgoto foram presos na tarde da última segunda-feira (2), em Sorocaba, no interior de São Paulo. Eles são suspeitos de sequestrar um menino de sete anos, que conseguiu escapar da ação dos criminosos.

De acordo com informações passadas pela Polícia, os dois suspeitos, um de 28 e outro de 54 anos, usando uniformes do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), entraram em uma casa, localizada na rua 23 de Maio.

Eles tentaram furtar a moto que estava na garagem, mas como ela estava com problemas na roda, não conseguiram efetuar o furto e então decidiram pegar o filho do dono do veículo, de sete anos.

Ele foi pega pelo braço, vendado e colocado dentro de um carro. Segundo a vítima, os suspeitos queriam conseguir dinheiro. Quando eles pararam o carro em um posto de gasolina, o menino conseguiu escapar e correu de volta para casa.

A polícia foi acionada e encontrou o carro com os dois suspeitos durante um patrulhamento feito na rua Aparecida, por volta das 15h. Eles negaram a participação no sequestro, mas o menino os reconheceu por meio de fotografias. Eles foram presos em flagrante e o veículo usado na tentativa de sequestro apreendido.

Em nota, o SAAE informou que tomou conhecimento dos fatos, afirmou que os homens envolvidos no crime são funcionários de uma empresa que presta serviços para a autarquia e que o ocorrido está sendo averiguado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Menina morre ao cair da cama em Jundiaí

Em Jundiaí, também no interior de SP, uma menina de 11 anos morreu após cair da cama na noite do último domingo (1º). De acordo com informações registradas no boletim de ocorrência, a garota, que era praticante de ginástica, foi encontrada por familiares com a cabeça presa entre as camas e inconsciente. Sofia Daltio Salviano chegou a ser levada pelo SAMU para o Hospital São Vicente, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

No momento do acidente, a avó, os pais e uma irmã da vítima estavam na casa, localizada no bairro Retiro, mas não ouviram pedidos de socorro. O caso foi registrado na delegacia como morte suspeita e são aguardados laudos para que o inquérito seja finalizado.

Uma tia da menina disse que ela era praticante de ginástica e o acidente pode ter ocorrido após ela tentar fazer uma acrobacia.

Nas redes sociais, várias pessoas lamentaram a morte da menina e a escola onde ela estudava cancelou as aulas na segunda-feira (2).

“Seu sorriso e delicadeza ficarão em nossas memórias”, dizia o trecho de uma mensagem postada por um familiar.

O corpo de Sofia foi sepultado na manhã desta terça-feira (3), no Cemitério da Saudade, em Bauru, no interior de São Paulo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo