Um acidente envolvendo uma van e um caminhão carregado de lâminas de vidro provocou a morte de cinco pessoas na tarde do último sábado (31), na rodovia Homero Severo Lins (SP-284), em Martinópolis, região de Presidente Prudente, no interior de São Paulo. A fatalidade foi provocada por conta da fumaça de Queimadas na região.

De acordo com informações passadas pela Polícia Rodoviária, por volta das 16h30, uma van que transportava pacientes vindos de tratamento de hemodiálise para a cidade de Racharia desviou para a pista contrária por conta de muita fumaça que havia na estrada, mas acabou batendo de frente no caminhão.

Com o choque, os dois veículos pegaram fogo.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, quatro pessoas, todos homens e com idade entre 37 e 68 anos, morreram carbonizadas no local. Os corpos foram enviados ao Instituto Médico Legal (IML) de Presidente Prudente. Inicialmente, havia a informação dando conta de que seis pessoas haviam morrido no local, mas o dado foi corrigido posteriormente.

Três feridos, sendo uma adolescente de 17 anos, uma mulher de 25 anos e um homem 57 anos, foram levados para o hospital com ferimentos graves.

Outras vítimas com ferimentos menos graves foram socorridas por veículos particulares que passavam pelo local e levada para hospitais.

Victor Hugo Rocha, chefe da Brigada Municipal de Atendimento de Desastres de Martinópolis, disse que os trabalhos de combate aos incêndios às margens da rodovia haviam começado por volta das 14h45. No entanto, uma ventania, ocorrida por volta das 16h15, propagaram as chamas e a fizeram atingir uma área onde fica um bambuzal e a fumaça acabou atravessando a pista, vindo a provocar o grave desastre.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

Rocha descreveu a fumaça como sendo assustadora.

A Prefeitura de Rancharia emitiu uma nota onde lamenta o falecimento das vítimas e informou que dará toda a assistência aos familiares e que montou uma central de apoio no Posto de Saúde com psicólogos e assistentes sociais.

A Polícia Civil irá investigar as causas do acidente.

Quinta vítima morreu no domingo

A jovem de 25 anos, uma das três vítimas socorridas em estado grave, não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde deste domingo (1º). Ela não teve sei nome divulgado pelas autoridades, estava internada no Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente.

Das outras duas vítimas, o homem de 57 anos segue internado no mesmo hospital e seu estado é considerado gravíssimo. Já a adolescente de 17 anos que estava no a no Hospital e Maternidade de Rancharia, foi transferida durante a noite de domingo para o Centro de Tratamento de Queimaduras de Campinas, no interior de São Paulo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo