Um crime bárbaro ocorreu na manhã da última quinta-feira (26), no município de Altinho, no Agreste de Pernambuco. Segundo a Polícia, dentro de uma residência, um tio, utilizando-se de um pedaço de cerâmica, teria matado degolada uma bebê de apenas oito meses de vida. No corpo da criança também foram encontrados diversos cortes feitos com o mesmo material.

De acordo com os membros da família que explicaram tudo que ocorreu na delegacia, o tio da criança, Erick Ramon Matias Ferreira, de 25 anos, teria chegado em casa por volta das 2h, muito agressivo e quebrando todos os móveis da residência.

Com muito medo, os pais da menina acabaram saindo de casa, mas acabaram deixando a criança na residência. Neste momento, o tio da menina se aproveitou da situação e se trancou no banheiro da casa com a bebê.

Momentos depois da entrada do homem na residência, uma equipe do 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM) foi acionado para tentar resolver a situação. Juntos dos agentes, estava também um equipe da Caça Homicida, que entrou no local e realizou a primeira intervenção, e também membros do Corpo de Bombeiros da região, que compareceram para prestar atendimento de emergência aos envolvidos.

Após uma negociação que durou cerca de doze horas entre os agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e o tio da menina, os policiais conseguiram entrar no imóvel, mas já era tarde, pois a criança já estava sem vida no local.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Eduardo Sunaga, o homem teria aplicado pelo menos seis cortes no corpo da criança utilizando um pedaço de cerâmica. Ainda segundo Sunaga, os cortes efetuados pelo agressor atingiram a menina na região do tórax, no pescoço e também abdômen.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Em entrevista, o tenente-coronel Luís Claudio Brito mencionou que ainda não era possível entender o que levou o homem a cometer o crime. "Os detalhes de como e porque o crime ocorreu ainda não são possíveis de serem respondidos" explica Luís Cláudio.

Homem teve prisão preventiva decretada

Após a constatação da morte da criança, o homem foi encaminhado diretamente para a delegacia de polícia da região e foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado pelo meio cruel e teve sua prisão preventiva decretada após uma audiência de custódia realizada nesta sexta-feira (27), no Fórum da cidade de Caruaru, em Pernambuco.

Depois da audiência, o homem foi devidamente encaminhado para a Penitenciária Plácido de Souza situada também em Caruaru onde ficará a disposição da justiça para os demais esclarecimentos dos fatos relacionados.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo