O motorista de aplicativo Felipe Rodrigues de Freitas, de 29 anos, foi encontrado morto, por volta das 6h desta última terça-feira (24), no distrito de Tuiuty, a cerca de 10 quilômetros do centro de Bento Gonçalves (RS). A vítima estava em uma estrada de terra, com as mãos amarradas e várias perfurações de arma de fogo no rosto. Posteriormente, seu veículo, um Renault Longan, foi encontrado carbonizado em Farroupilha.

O delegado Adriano Linhares, responsável por cuidar do caso, disse que não foi verificado nenhum indício de roubo e a primeira linha de investigação é de homicídio. "Em princípio, é homicídio, não é latrocínio", disse a autoridade.

Ainda de acordo com as autoridades, a vítima tinha passagens pela Polícia por ameaça, lesão corporal, tráfico de drogas e crimes de trânsito. O laudo do Instituto Médico Legal está sendo aguardado para se saber quantos tiros Felipe levou no rosto.

Motoristas fazem protesto por segurança em SP

Em São Paulo, um grupo de motoristas de aplicativo fez nesta terça-feira (24) uma carreata, que saiu do bairro do Brooklin, na zona sul da cidade, em direção à Assembleia Legislativa, também na zona sul, para pedir mais segurança para trabalhar.

Somente neste mês de setembro, sete ocorrências contra motoristas de aplicativo foram registras na Grande São Paulo, com quatro motoristas mortos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Para chamar a atenção dos demais motoristas, eles usaram balões brancos presos a seus carros.

Uma das últimas ocorrências foi registrada na noite desta segunda-feira (23), quando dois jovens tentaram roubar um motorista, mas acabaram mortos após uma troca de tiros com policiais.

O motorista do veículo, de 51 anos, disse que foi atender a uma corrida por volta das 21h, em um shopping na região de Itapevi, na grande São Paulo.

Ao chegar ao destino, a dupla anunciou o assalto, colocando a arma nas costas do motorista, que conseguiu fugir e avisar a polícia.

Teve início uma perseguição que terminou em uma rua sem saída. A dupla invadiu duas casas e começou a atirar contra os policiais, mas foram atingidos. O adolescente morreu no local enquanto o outro rapaz, de 18 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e também morreu. O motorista não teve ferimentos.

Três motoristas mortos

Três assassinatos de motoristas de aplicativo ocorreram na semana passada em São Paulo. Na quarta-feira, Elvis de Souza Leite, de 41 anos, morreu enforcado em Itaquaquecetuba após atender o chamado de três criminosos. Um menor foi apreendido.

Na madrugada de domingo, Marco Aurélio Roncoli Filho, 30 anos, foi abordado por uma moto com duas pessoas. Um deles atirou e o carro saiu desgovernado e só parou em um poste.

No mesmo dia, Ariana Márcia de Almeida, de 46 anos, morreu após atender o chamado de duas jovens. Um homem entrou no carro junto e acertou um tiro no pescoço da motorista.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo